São Paulo Polícia usa bombas para acabar com manifestação de motoboys em SP

Polícia usa bombas para acabar com manifestação de motoboys em SP

PM diz que "esse momento não é adequado para fazer qualquer tipo de manifestação". Protesto se espalhou em vias próximas à Marginal Pinheiros

PMs usaram bombas para dispersar manifestantes na Marginal Pinheiros

PMs usaram bombas para dispersar manifestantes na Marginal Pinheiros

Reprodução/RecordTV

Policiais militares usaram bombas para dispersar um grupo de motoboys que iniciaram uma manifestação na Marginal Pinheiros, altura da ponte Edson Godoy Bueno, por volta das 18h desta segunda-feira (28), contra o valor dos combustíveis.

Segundo o coronel Marcelo Rabello Vianna, responsável pela operação, a polícia usou a força para tentar acabar com o protesto dos motoboys porque “esse momento não é adequado para fazer qualquer tipo de manifestação”.

O coronel afirma que a Polícia Militar “só usa a força para defender a população”. Vianna ainda diz que os policiais militares tentaram conversar com possíveis líderes do protesto, mas, no entanto, o ato não teria nenhuma liderança.

Depois da liberação da Marginal Pinheiros, por volta das 18h30, os manifestantes se dividiram em dois grupos, que seguem fechando vias próximas ao local onde a manifestação iniciou.

Leia mais notícias de São Paulo