São Paulo Policial atira em PMs e faz 3 reféns durante briga com a esposa em SP

Policial atira em PMs e faz 3 reféns durante briga com a esposa em SP

Vítimas foram liberadas depois de 20 minutos de negociações. Caso aconteceu na madrugada deste domingo (6) na zona leste da capital

  • São Paulo | Guilherme Alves e Beatriz Leite, da Agência Record

O policial civil Washington Borges Ribeiro atirou contra policiais militares e fez três pessoas reféns, durante uma briga com a esposa, na rua Celso de Azevedo Marques, no Parque da Mooca, na zona leste de São Paulo, às 3h23 deste domingo (6).

Segundo a Polícia Militar, os agentes foram acionados para atender uma ocorrência de violência doméstica. Ao entrarem no apartamento, os policiais ouviram gritos vindo de um dos quartos, para onde se dirigiram.

Policiais militares da casa do policial civil Washington Borges Ribeiro

Policiais militares da casa do policial civil Washington Borges Ribeiro

Reprodução/Polícia Militar

Quando ainda estavam no corredor, o homem, que estava armado, atirou contra os policiais militares, que revidaram o ataque. Depois, o atirador entrou em um dos quarto e fez três pessoas reféns, entre amigos e familiares.

O GATE (Grupo de Ações Táticas Especiais) foi acionado e depois de 20 minutos de negociação, o homem liberou as vítimas, mas permaneceu trancado no cômodo.

Washington só saiu do quarto e se rendeu após mais 40 minutos, quando um de seus superiores na Polícia Civil foi até o local para convencê-lo.

O caso foi encaminhado ao 56º DP (Vila Alpina) mas, por se tratar de um policial civil, foi levado para a Corregedoria de Polícia Civil.

Últimas