Policial militar mata colega dentro de batalhão em Campinas (SP)

Soldado que atua no interior de São Paulo atirou pelo menos 10 vezes contra a cabeça do colega. Caso aconteceu nesta segunda-feira (23)

Soldado foi assassinado dentro de batalhão

Soldado foi assassinado dentro de batalhão

Reprodução/Facebook

Um soldado da Polícia Militar do 47º Batalhão do Interior, na região de Campinas (a cerca 90 km de São Paulo), matou um outro policial militar por volta das 14h desta segunda-feira (23).

O crime aconteceu dentro da unidade policial em que os dois trabalhavam. A informação foi confirmada pela Polícia Militar.

Leia também: PM mata a cada 10 horas e atinge maior número em 16 anos

Conforme as apurações iniciais, o soldado Cléber da Silva Avelino chegou no batalhão em um carro e efetuou dois tiros contra seu colega de farda, o soldado Thiago Machado.

Em seguida, Avelino desceu do veículo e disparou mais 10 vezes na cabeça da vítima. A Polícia Militar disse que trata-se de uma execução, mas ainda apura as motivações.

O soldado Machado chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Municipal Mário Gatti, mas não resistiu aos ferimentos.

Batalhão onde policial militar matou o colega, no interior de SP

Batalhão onde policial militar matou o colega, no interior de SP

Reprodução/Facebook

Ainda de acordo com as apurações preliminares, o soldado usou duas armas para cometer o crime: uma da corporação e outra particular. Logo depois de matar o colega, Avelino se entregou, mas não está falando o que motivou o assassinato. 

O soldado Machado tinha 34 anos, e completaria seis anos de Polícia Militar no próximo mês de novembro. Ele atuava no setor de comunicação social e era responsável por fazer as fotografias dos eventos do batalhão.

Já o soldado Avelino tem 37 anos e está na PM há 13 anos. Ele está detido e deve prestar depoimentos para explicar o caso.