São Paulo Prefeitura de SP publica Plano de Metas com estimativa de R$ 30,9 bi

Prefeitura de SP publica Plano de Metas com estimativa de R$ 30,9 bi

Documento entregue aos vereadores incorpora 40 novas ações de iniciativa popular e aumenta metas após consulta pública

Prefeitura de SP entrega Plano de Metas à Câmara Municipal nesta quinta (1º)

Prefeitura de SP entrega Plano de Metas à Câmara Municipal nesta quinta (1º)

Rovena Rosa/Agência Brasil

A Prefeitura de São Paulo publicou nesta quinta-feira (1º), a versão final-participativa do Programa de Metas 2021/2024, documento entregue aos vereadores na Câmara Municipal. Com 77 metas e 306 iniciativas e estimativa de R$ 30,9 bilhões para sua execução, o documento tem indicadores correlacionados ao Plano Plurianual 2022-2025 e à Agenda Municipal 2030 da ONU

O instrumento, exigido desde 2008 pela Lei Orgânica do Município a partir de reivindicação da sociedade civil, tem por objetivo priorizar os projetos da Gestão até o final do quadriênio, traduzindo os compromissos do Plano de Governo eleito em ações estratégicas de planejamento, com vinculação orçamentária pré-definida. O documento foi publicado aos 180 dias da posse da chapa "Covas-Nunes", com cerca de dois meses de antecedência em relação aos Programas anteriores.

"É um momento de muita alegria para nós poder entregar o Plano de Metas à Câmara Municipal, a vocês, vereadores. Nas gestões passadas, normalmente, isso era feito entre agosto e setembro. Pela primeira vez, estamos entregando aqui no prazo, que é o final de junho e começo de julho, para poder ter, inclusive, mais tempo de discussão e de análise por parte dos vereadores. A Prefeitura e a Câmara podem fazer muito pela cidade de São Paulo", afirmou o prefeito Ricardo Nunes.

O presidente da Câmara, vereador Milton Leite, destacou que a Câmara e a Prefeitura devem atuar em conjunto para o cumprimento das metas.

"Temos essa responsabilidade comum. O importante é caminharmos juntos.  Há necessidade de votarmos um conjunto de leis que permitam o cumprimento dessas metas. E votaremos em tempo para que a cidade não trave e possamos cumprir o Plano de Metas hoje entregue", finalizou.

O Plano de Metas traz seis eixos, 27 objetivos estratégicos, 77 metas — duas novas em relação à versão inicial publicada em 31 de março — com seus respectivos indicadores e 306 iniciativas. Destas, 40 foram incluídas após o período de Consulta Pública, que perdurou entre os dias 2 de abril e 10 de maio de 2021 e contou com 37 audiências públicas, além de propostas recebidas por escrito pela plataforma de governo aberto Participe+.

Últimas