São Paulo Prefeituras têm data para informar medidas contra fura-filas da vacina

Prefeituras têm data para informar medidas contra fura-filas da vacina

Tribunal de Contas do Estado de SP deu cinco dias para que 106 municípios informem sobre as campanhas de imunização

Agência Estado
Alguns pontos terão que ser esclarecidos pelos municípios de São Paulo

Alguns pontos terão que ser esclarecidos pelos municípios de São Paulo

Reprodução/Pixabay

Segundo despacho assinado pelo conselheiro Dimas Ramalho, 106 prefeituras de São Paulo têm 5 dias para informar uma série de pontos a serem esclarecidos. Todas as informações que deverão ser prestadas estão publicadas no Diário Oficial do Estado neste sábado, 30.

Ao todo, são nove pontos. Veja alguns deles: Critérios e orientações adotados para distribuição das doses da vacina; Medidas adotadas para impedir ‘fura-filas’; Métodos implantados para controlar as pessoas que já foram vacinadas, incluindo o cronograma para aplicação da segunda dose dentro do prazo fixado pelas fabricantes do imunizante. Relação das unidades de saúde usadas como pontos de vacinação e as respectivas quantidade recebidas; Relação das pessoas vacinadas com nomes, ocupação, idade e local de imunização; Explicar como foi feito o cadastramento dos grupos prioritários na fila da vacina.

Na quarta-feira, 27, um ofício parecido já havia sido dirigido ao governo João Doria (PSDB). O documento foi enviado na esteira dos relatos de ‘fura-filas’ - o Ministério Público do Estado recebeu mais de cem denúncias. A própria notificação lembra das suspeitas de irregularidades da vacinação no Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (USP): as informações giram em torno de profissionais que não estão na linha de frente no combate à covid-19, mas teriam recebido a vacina.

Últimas