São Paulo Protesto contra fim da gratuidade para idosos em SP tem duas detidas

Protesto contra fim da gratuidade para idosos em SP tem duas detidas

Ativistas foram presas por desacato e resistência, segundo a polícia. Ato pedia transporte gratuito a idosos de até 65 anos

  • São Paulo | Marcos Rosendo, da Agência Record

Manifestantes e policiais entram em confronto em protesto contra corte no passe livre para idoso de até 65 anos

Manifestantes e policiais entram em confronto em protesto contra corte no passe livre para idoso de até 65 anos

TABA BENEDICTO / ESTADÃO CONTEÚDO - 03.02.2021

Duas manifestantes foram presos durante protesto do Movimento Passe Livre no centro de São Paulo na noite desta quarta-feira (3).

O ato começou por volta das 17h no viaduto do Chá, contra a decisão do governo estadual que cortou o transporte gratuito nos ônibus e trens do Metrô e da CPTM para idosos entre 60 e 64 anos.

A confusão começou quando os manifestantes tentaram romper o cordão de isolamento que estava sendo feito pela PM e caminhar pelas ruas do centro. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, duas mulheres foram detidas por desacato e resistência, após investirem contra os policiais militares.

A SSP informou ainda que a Corregedoria das Polícias está à disposição para atender e registrar denúncias por eventuais queixas dos manifestantes contra os agentes de segurança do Estado.

Confira na íntegra a nota da secretaria:

A Polícia Militar acompanhou o ato realizado nesta quarta-feira (3), em frente à prefeitura da capital. Foram montados pontos de bloqueio e fiscalização ao longo da região a fim de garantir a segurança de todos, participantes ou não da manifestação. Mediadores da PM também participaram do policiamento a fim de evitar a depredação do patrimônio público e atos de violência. Duas mulheres que investiram contra os policiais foram detidas por desacato e resistência e encaminhadas ao 2º DP, onde a ocorrência será registrada. A instituição ressalta que a Corregedoria está à disposição para registrar e apurar toda e qualquer denúncia ou queixa contra seus agentes.

Últimas