Coronavírus

São Paulo Quatro pessoas morrem à espera de leitos de UTI em Ribeirão Pires 

Quatro pessoas morrem à espera de leitos de UTI em Ribeirão Pires 

Prefeitura afirmou que foram seis óbitos neste mês por falta de vagas para covid-19 e 15 pessoas ainda aguardam transferência

  • São Paulo | Do R7

Mais quatro pessoas morrem à espera de leitos de UTI em Ribeirão Pires

Mais quatro pessoas morrem à espera de leitos de UTI em Ribeirão Pires

Reprodução/Record TV

A Prefeitura de Ribeirão Pires, na região metropolitana de São Paulo, confirmou a morte de mais quatro pessoas que aguardavam vagas em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) pelo CROSS (Sistema de Regulação de Vagas do Estado de São Paulo).

Os óbitos ocorreram entre a noite de quarta-feira (10) e a manhã desta quinta (11). As vítimas são dois homens de 64 e 78 anos e duas mulheres de 68 e 71 anos. Todos estavam internados no município com quadro clínico de complicações pela covid-19.

Segundo a prefeitura, entre os dias 1 e 11 de março, a cidade registrou seis mortes de pacientes que aguardavam vagas no sistema CROSS. A fila por leitos no sistema estadual tem hoje 15 pessoas em Ribeirão Pires.

Devido ao agravamento da pandemia do novo coronavírus, com aumento de óbitos e casos, o governo do estado pretende endurecer as restrições em todo o estado.

Últimas