São Paulo Roubo a residências aumenta no primeiro trimestre de 2021 em SP

Roubo a residências aumenta no primeiro trimestre de 2021 em SP

Cenário é inverso ao do registrado nos três primeiros meses do ano passado, quando houve queda em relação a 2019

Agência Estado

Reprodução/ Record TV Rio

De acordo com o RDO (Registro Digital de Ocorrências) publicado no site da SSP (Secretaria de Segurança Pública), o número de roubos a residências aumentou no primeiro trimestre de 2021, diferentemente dos dados registrados no primeiro trimestre de 2020 que apontavam queda nos números de roubos a casas com relação ao mesmo período de 2019.

O acompanhamento mensal dos dados no sistema online da SSP mostra que nos três primeiros meses de 2021 o percentual dos casos de ocorrência de roubo a residência ficou em 2,1%, 1,9% e 2,0% respectivamente. No mesmo período do ano anterior o percentual foi de 1,9%, 1,6% e 1,7%.

Dados do ISP (Instituto de Segurança Pública) do Rio de Janeiro mostraram que os roubos de rua tiveram uma queda de 52% em todo o estado quando se compara março de 2020 com o mesmo mês de 2019, período do começo da pandemia do novo coronavírus.

Ainda sobre os dados do ISP do Rio, apresentados em 2020, os crimes de oportunidade, chegaram a dar um salto de 101% numa comparação entre os meses de maio a julho do mesmo ano. Nesses tipos de crimes, os especialistas consideram principalmente os roubos e furtos contra patrimônio.


Consultado sobre os dados estatísticos do aumento dos casos de violência no período de relaxamento das restrições de isolamento social, o especialista em sistema de alarme residencial e empresariais Evandro Gonzales, representante da empresa Smart Alarme, afirma que os dados apresentados pelos especialistas apontaram queda do número de roubo a residências no primeiro trimestre do ano de 2020 com relação ao mesmo período de 2019 pelo impacto das restrições de deslocamento dos trabalhadores ao ambiente original de trabalho. Segundo Evandro, o retorno às atividades normais com relaxamento programado das restrições no isolamento social traz de volta o aumento dos números da criminalidade em geral.

Últimas