Saiba como a máquina de cartão pode melhorar o fluxo de caixa

Escolha do equipamento pode gerar economias e melhor planejamento do negócio

Divulgação

Apesar de ser só uma parte do seu negócio, a escolha da máquina de cartão pode representar uma contribuição expressiva para se chegar a um fluxo de caixa positivo. Isso porque a escolha da máquina está atrelada a dois pontos sensíveis para qualquer negócio: custo com equipamentos e quanto o empreendedor vai receber por uma venda.

Pensando no grande impacto que a redução dessas despesas proporciona para o pequeno e médio empresário, a SafraPay, credenciadora do Banco Safra, não cobra pela máquina de cartão. Ou seja, o empreendedor que fatura acima de R$ 2 mil por mês não precisa comprar e nem pagar aluguel só para poder aceitar as vendas em cartão. Algumas adquirentes do mercado chegam a cobrar R$ 400 pela máquina ou R$75 pelo aluguel do equipamento, o que gera um custo de R$ 900 por ano.

Com esse refresco no caixa, o empresário pode fazer um melhor uso do capital de giro e até formar uma reserva financeira.

Outro aspecto importante que o empresário busca para o seu negócio são melhores condições. Toda venda feita em cartão, seja ela no débito ou crédito, está sujeita a uma taxa chamada de MDR, da sigla em inglês Merchant Discount Rate (Taxa de Administração).

A SafraPay não cobra pelas transações (MDR) no crédito à vista e parcelado. O comerciante terá custos apenas se quiser antecipar o valor transacionado.
Além disso, a credenciadora também tem uma das taxas mais baratas sobre as transações de débito, 1,85%. Essas taxas valem para os primeiros R$ 50 mil vendidos na máquina de cartão por mês, e por isso atendem, sobretudo, ao pequeno e médio empreendedor.

Essas condições facilitam na hora de saber quanto o empreendedor vai receber por uma venda paga em cartão e evitam aquele susto na hora de ver quanto vai entrar e quanto vai sair do caixa.

Ter uma ideia real de quanto vai receber contribui para o planejamento financeiro e, consequentemente, para o equilíbrio do fluxo de caixa.  O gerenciamento efetivo do capital de giro também é fundamental para permitir que sua empresa possa fazer novas compras de produtos, oferecer mais descontos para os clientes e, sobretudo, fazer planos de crescimento.

Para mais detalhes e informações, acesse: www.safrapay.com.br