São Paulo São Paulo começa a aplicar a 5ª dose em idosos imunossuprimidos

São Paulo começa a aplicar a 5ª dose em idosos imunossuprimidos

Capital paulista ampliará cobertura contra Covid-19 enquanto vacina diversos públicos para a gripe, o sarampo e a poliomielite

  • São Paulo | Do R7

Ministério da Saúde anunciou nesta quinta a quarta dose para maiores de 50 anos

Ministério da Saúde anunciou nesta quinta a quarta dose para maiores de 50 anos

Tomaz Silva/Agência Brasil

A cidade de São Paulo começou a aplicar nesta quinta-feira (2) a quinta dose da vacina (ou a terceira dose de reforço) da vacina contra Covid-19 em idosos imunossuprimidos. A população pode buscar a imunização nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde), AMAs (Assistências Médicas Ambulatoriais)/UBSs Integradas, megapostos, drive-thrus, postos na avenida Paulista e parques.

Também podem receber a vacina contra o novo coronavírus as crianças de 5 a 11 anos de idade, adolescentes e adultos. Os adolescentes de 12 a 17 anos que tomaram a segunda dose há pelo menos quatro meses estão aptos para a dose de reforço do imunizante.

Junto com a campanha da Covid, a prefeitura vacina contra o vírus influenza (gripe), o da poliomielite e o do sarampo. Para a gripe, estão elegíveis as grávidas e puérperas (até 45 dias após parto), idosos com mais de 60 anos de idade, trabalhadores da saúde, crianças acima de 6 meses e menores de 5 anos, entre outros grupos (veja mais detalhes no site da prefeitura). 

A vacinação contra o sarampo foca as crianças acima de 6 meses e menores de 5 anos, profissionais de saúde e nascidos a partir de 1960. No caso da poliomielite, estão aptas para a vacina as crianças menores de 5 anos, sem histórico vacinal ou com esquema vacinal incompleto. Isso vale para viajantes, imigrantes e refugiados de países endêmicos ou em surto. Esses dois imunizantes estão sendo aplicados nas UBSs e AMAs/UBSs Integradas.

As doses contra sarampo e Covid-19 não podem ser aplicadas no mesmo dia em crianças entre 5 e 11 anos de idade. A orientação da prefeitura é priorizar a vacinação contra o novo coronavírus e depois de quinze dias aplicar a vacina do sarampo. 

Serviço

Drive-thrus e megapostos: vacinação de adolescentes e adultos. Funcionamento das 8h às 17h.

UBSs: vacinação de crianças de 5 a 11 anos de idade, adolescentes e adultos. Funcionamento das 7h às 19h.
AMAs/UBSs Integradas: vacinação de crianças de 5 a 11 anos de idade, adolescentes e adultos. Funcionamento das 7h às 19h.

Últimas