São Paulo Segundo suspeito de matar ambulante é preso na zona leste de São Paulo

Segundo suspeito de matar ambulante é preso na zona leste de São Paulo

  • São Paulo | Do R7

Segundo agressor é preso em São Paulo

Segundo agressor é preso em São Paulo

Danilo Verpa/Folhapress

Alípio Rogério dos Santos, o segundo suspeito de matar o ambulante Luiz Carlos Ruas na estação Pedro II do Metrô, foi preso na Cohab Itaquera, na zona leste, nesta quarta-feira (28). 

O agressor, que estava escondido na casa de um amigo, será encaminhado para o Delpom (Delegacia de Polícia do Metrô), na Barra Funda. 

Tanto Santos, quanto Ricardo Martins do Nascimento, preso na terça-feira (27), eram aguardados no DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), mas nenhum dos dois agressores se entregou. 

O outro suspeito do crime, Ricardo Martins do Nascimento, havia sido preso na terça-feira (27), na casa de um amigo em uma favela do município de Itupeva, região de Campinas. De acordo com informações da Agência Brasil, ele lamentou o ocorrido e disse que se pudesse faria algo para ajudar a viúva do ambulante.

— Eu não sou má pessoa.

Crime

Luiz Carlos Ruas foi espancado e morto às 22h25 de domingo (25), noite de Natal. Segundo testemunhas, o ambulante vendia salgados e refrigerantes do lado de fora da estação quando dois homens se desentenderam com ele e passaram a agredi-lo. O ambulante defendia moradores de rua, incluindo duas travestis, que também foram agredidas pelos dois suspeitos.

O vendedor tentou correr até a bilheteria da estação na Estação Pedro 2º do metrô, mas foi atingido por vários golpes e caiu no local. Ele foi socorrido e levado a um hospital por agentes de segurança do Metrô, mas não resistiu aos ferimentos.

Últimas