São Paulo Segundo suspeito de ter participado de crime que resultou na morte de menina de 6 anos é preso em SP

Segundo suspeito de ter participado de crime que resultou na morte de menina de 6 anos é preso em SP

Pai da criança teria cobrado um dinheiro que havia emprestado a um dos suspeitos. Polícia diz que assassinato foi premeditado

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Helena estava no banco traseiro do carro do pai quando o veículo foi atingido por tiros

Helena estava no banco traseiro do carro do pai quando o veículo foi atingido por tiros

Montagem/R7

A Polícia Civil prendeu o segundo suspeito de ter participado do crime que terminou com a morte da pequena Helena, de 6 anos. A prisão ocorreu na manhã desta terça-feira (2), em Carapicuíba, na Grande São Paulo.

A criança e o pai, Evandro Mingorance, estavam voltando de um restaurante quando foram surpreendidos por suspeitos que atiraram várias vezes contra o carro em que eles estavam. O primeiro acusado, um comerciante chamado Gustavo, de 25 anos, foi preso na segunda-feira (1°).

De acordo com as investigações, Evandro emprestou R$ 66 mil a Gustavo e estava cobrando a devolução do valor — que já teria chegado a R$ 85 mil, com a incidência de juros. No dia do crime, o pai de Helena cobrou o pagamento por mensagem, em duas oportunidades. O comerciante, então, teria premeditado o assassinato dele para não ter que pagar.

Há a hipótese de que os suspeitos soubessem que a menina estava no carro com o pai, pois eles estavam seguindo os dois desde a saída para o jantar. A polícia não descarta ainda a possibilidade de que Gustavo estivesse dirigindo o veículo de onde o atirador, preso na manhã desta terça, desceu para atirar no carro onde estavam Evandro e Helena.

Segundo informações do repórter Aguiar Júnior, da Record TV, o segundo suspeito de envolvimento no crime foi levado ao 1° DP (Carapicuíba), onde presta esclarecimentos.

O homem foi encontrado pelos agentes em casa, mas nega que tenha participado da tentativa de execução do pai de Helena.

O caso

O crime aconteceu na noite de sexta-feira (29), no bairro Jardim Santa Rita, em Carapicuíba. Evandro Mingorance, de 47 anos, voltava para a casa com a filha Helena, de 6 anos, depois de terem saído para jantar. 

Eles estavam entrando na garagem de casa, com um carro Volkswagen Polo preto, quando um suspeito passou pelo local e atirou diversas vezes contra o carro.

Alguns dos tiros acertaram a criança, que estava no banco do passageiro, e o pai, que dirigia o veículo. O suspeito conseguiu fugir após os disparos.

Testemunhas afirmaram aos policiais que atenderam à ocorrência que, logo após ouvirem os disparos, avistaram um carro Chevrolet Corsa, prata ou cinza, saindo do local rapidamente. Helena não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

Segundo a declaração de óbito, a menina tinha lesões em suas partes íntimas que merecem averiguação. Evandro passou por cirurgia no sábado (30), encontra-se na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e passa bem.

Últimas