São Paulo Sequestro de mulher e filho termina com uma morte na zona leste de SP

Sequestro de mulher e filho termina com uma morte na zona leste de SP

Ex-companheiro estava inconformado com fim de relacionamento de 4 anos. Polícia resgatou reféns e negociou rendição dele por mais de seis horas

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV e da Agência Record

Terminou com uma morte o sequestro de uma mulher e do filho de 3 anos pelo ex-companheiro em uma casa na rua Levi Eshkol, em São Miguel Paulista, na zona leste de São Paulo, neste sábado (28). 

Leia também: Réu em chacina de Osasco (SP), ex-PM é absolvido por outras mortes

Homem faz mulher e filho reféns em casa na zona leste de São Paulo

Homem faz mulher e filho reféns em casa na zona leste de São Paulo

Reprodução/Record TV

A polícia chegou ao local às 11h e conseguiu resgatar as duas vítimas por volta das 13h. Em seguida, o sequestrador, Michel Angelo Ferreira dos Santos, de 36 anos, se trancou em um quarto do imóvel. A polícia passou a tarde tentando negociar a rendição.

Michel estava armado e não respondia aos apelos da polícia, mas fazia ameaças de forma violenta. A presença de uma advogada foi exigida pela família do sequestrador. Ela também fez apelos para que ele se rendesse.

Segundo a reportagem da Record TV, Michel chegou a ligar para um primo pedindo que ele se aproximasse da casa, mas os policiais nao permitiram, pois isso colocaria em risco a negociação. O fornecimento de água e de energia elétrica do imóvel foi cortado.

Por volta das 17h34, ele atirou duas vezes e o Gate reforçou a presença na entrada do imóvel. Ele deu um dos tiros em direção aos policiais e, no segundo, cometeu suicídio. Socorristas do SAMU entraram no imóvel e tentaram reanimá-lo, mas ele morreu no local. A morte dele foi confirmada no fim da tarde.

Moradores e familiares disseram à reportagem da Record TV que Michel usava de drogas e que não aceitava o fim do relacionamento de cerca de 4 anos, ocorrido há um mês. Segundo a polícia, Michel já havia sido abordado pela polícia em ocorrências de furto de moto e porte de drogas.

Resgate

Desde a chegada ao local, policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) tentava negociar com o sequestrador. Por volta das 13h, Michel foi para o segundo andar do imóvel e foram ouvidos gritos e disparos. Neste momento, agentes entraram na casa.

Os policiais arrombaram o portão e foram recebidos a tiros. Quatro disparos puderam ser ouvidos por quem estava do lado de fora do imóvel. Em seguida, os dois reféns foram resgatados e levados pela polícia a um local mais afastado.

Veja também: MP vai apurar responsabilidade sobre acidente de Taguaí (SP)

O menino, filho do casal, foi resgatado sem ferimentos. A mãe, Tatiane Mendes Silva, de 28 anos, estava ensanguentada. Esfaqueada no abdômen, ela foi socorrida e levada pelo helicóptero Águia da Polícia Militar até o HC (Hospital Clínicas), na zona oeste da capital. Seu estado de saúde é estável, porém grave. Por volta das 17h30, ela passava por uma cirurgia.

Últimas