São Paulo Soldado morre afogado durante curso da Polícia Militar em SP

Soldado morre afogado durante curso da Polícia Militar em SP

Policial militar de 26 anos participava de uma aula aquática do curso de operações especiais. PM diz que as causas do acidente ainda são analisadas

PM afogado

Soldado da PM morreu afogado nesta quinta-feira (1º)

Soldado da PM morreu afogado nesta quinta-feira (1º)

Reprodução

O soldado da Polícia Militar Renan Batista de Souza, 26 anos, morreu afogado durante uma aula aquática do curso de operações especiais da PM, nesta quinta-feira (1º), em Ubatuba, no litoral paulista.

O policial militar chegou a ser socorrido por uma lancha até a praia e depois atendido pelo Ursa (Unidade de Resgate e Salvamento Aquático), do Corpo de Bombeiros, com apoio do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas o policial não resistiu.

Leia também: Policial é morto a tiros enquanto passeava em São Paulo

O soldado Souza integrava a Polícia Militar paulista desde 2014 e atuava no 4º Batalhão de Polícia de Choque. Ele estaria participando de um treinamento com outros policiais militares do COE (Comandos e Operações Especiais) e da PM Ambiental.

Procurada pela reportagem, a Polícia Militar se compadeceu pela morte do soldado. Em nota, o órgão informou que foi "prestado socorro imediato, mas não foi possível reverter o quadro". Disse, também, que "as causas do acidente que vitimou nosso policial serão objeto de análise".

Leia mais notícias de São Paulo

Veja a nota oficial da Polícia Militar na íntegra:

"É com pesar que a Polícia Militar informa que o Soldado PM Renan Batista de Souza, de 26 anos, lotado no 4º Batalhão de Polícia de Choque e na Instituição desde 2014, durante um dos exercícios de instrução aquática do curso de operações especiais, lamentavelmente faleceu. Foi prestado socorro imediato, mas não foi possível reverter o quadro. As causas do acidente que vitimou nosso policial serão objeto de análise.

São Paulo, 01 de novembro de 2018."

Você tem alguma denúncia? Envie um e-mail para denuncia@r7.com