São Paulo SP: 13 moradores de rua morreram de frio no inverno, diz movimento

SP: 13 moradores de rua morreram de frio no inverno, diz movimento

Capital paulista terá dias de temperaturas baixas e tempo seco ao longo da semana. Nesta terça (20), a mínima prevista é de 5°C

  • São Paulo | Do R7

ltimo óbito registrado, de acordo com o movimento, foi na manhã de hoje (19)

ltimo óbito registrado, de acordo com o movimento, foi na manhã de hoje (19)

Reinaldo Canato/R7

Ao menos 13 pessoas morreram pelas baixas temperaturas na cidade de São Paulo ao longo do inverno de 2021, segundo o MEPSR-SP (Movimento Estadual das Pessoas em Situação de Rua).

O último óbito registrado, de acordo com o movimento, foi de um homem em situação de rua no centro da capital paulista, na manhã desta segunda-feira (19).

A cidade de São Paulo terá dias de temperaturas baixas e tempo seco ao longo desta semana. Nesta terça-feira (20), a mínima prevista é de 5°C e a máxima não passará de 18°C.

Como ajudar

Para doar cobertores e agasalhos às pessoas em situação de vulnerabilidade, é possível por meio da campanha Inverno Solidário, do governo estadual. Os locais de doação estão disponíveis neste link. O movimento Cruz Vermelha também está realizando uma campanha de doação. Para doar e saber mais, clique aqui

Ao se depararem com pessoas em vulnerabilidade no frio, os moradores da cidade de São Paulo também podem encontrar em contato com a prefeitura pelo Disque 156. Feita a ligação, basta digitar as opções 0 e, em seguida, 3. É preciso informar o endereço em que a pessoa se encontra, com características físicas e de vestimentas de quem deverá ser abordado, além de pontos de referência do local.

Na última oportunidade em que foi procurada a respeito do tema, a prefeitura afirmou que óbitos apontados pelo movimento não constavam no sistema e que ações estavam sendo realizadas para evitar as mortes nas ruas. A reportagem pediu um posicionamento atualizado à gestão municipal e aguarda retorno.

Últimas