São Paulo SP chega a 69,6% vacinados contra a covid-19 com ao menos uma dose

SP chega a 69,6% vacinados contra a covid-19 com ao menos uma dose

Índice supera os números do Reino Unido, país que realizou a aplicação da primeira em 69,61% da população geral

Governo de SP recebe doses de CoronaVac para liberar ao Ministério da Saúde

Governo de SP recebe doses de CoronaVac para liberar ao Ministério da Saúde

Governo do Estado de São Paulo - 09.08.2021

O Estado de São Paulo chegou neste fim de semana à taxa de 69,65% de pessoas imunizadas com ao menos uma dose da vacina contra covid-19. Os índices são superiores aos do Reino Unido em população vacinada contra a doença.

O país, reconhecido como o primeiro país a iniciar a campanha de vacinação contra a covid-19 no mundo, realizou a aplicação da primeira em 69,61% da população geral. São Paulo também superou países como França (67,78%), Itália (67,23%) e Alemanha (62,64%) na proporção de população geral vacinada. 

No fim de semana, o vacinômetro indicava 31.115.516 pessoas protegidas com a primeira dose nos 645 municípios paulistas. São Paulo tem também 27,87% da população com esquema vacinal completo, com 11.774.352 vacinados com duas doses dos imunizantes do Butantan, Fiocruz ou Pfizer e 1.125.255 que receberam a dose única da Janssen.

O calendário de vacinação passou por três antecipações e estima que toda a população acima de 18 anos esteja vacinada com ao menos uma dose até essa segunda-feira (16).

A partir de quarta-feira (18), São Paulo também passará a oferecer vacinas para a população adolescente. Entre os dias 18 e 29, jovens de 12 a 17 anos com comorbidades ou deficiências, além de gestantes e puérperas, vão receber vacinas.

De 30 de agosto a 5 de setembro, o PEI (Plano Estadual de Imunização) inclui os jovens com idade entre 15 e 17 anos. Depois, de 6 a 12 de dezembro, será a vez de adolescentes de 12 a 14 anos.

O calendário do PEI é estabelecido diante do cronograma de entrega de vacinas do Ministério da Saúde, mas o governo de São Paulo fez aquisições próprias de vacinas para cumprimento das datas nos 645 municípios paulistas. Em julho, o Estado reforçou a vacinação local com 4 milhões de doses extras adquiridas diretamente pela Secretaria da Saúde.

Últimas