São Paulo SP mantém uso de máscara, mas reduz restrições a estabelecimentos

SP mantém uso de máscara, mas reduz restrições a estabelecimentos

Não há mais restrições para ocupação e horários nem obrigatoriedade de distanciamento em locais públicos e privados

  • São Paulo | Do R7

SP mantém obrigatoriedade do uso de máscara, mas reduz restrições a estabelecimentos

SP mantém obrigatoriedade do uso de máscara, mas reduz restrições a estabelecimentos

Mauro Pimentel/AFP - 28.10.2021

A Prefeitura de São Paulo publicou nesta quinta-feira (28) um decreto no Diário Oficial que revoga as restrições para ocupação, horário de funcionamento e o distanciamento mínimo entre pessoas em todos os estabelecimentos públicos e privados na capital.

O decreto, no entanto, mantém a obrigação do uso de máscara contra a Covid-19 no município, além da apresentação do chamado passaporte da vacina em eventos com público superior a 500 pessoas.

O documento, assinado pelo prefeito Ricardo Nunes (MDB), justifica a redução de restrições pelo "avanço da vacinação contra a Covid-19, com grande participação da população, que transformou o município de São Paulo em 'capital da vacina', como a cidade no mundo com maior percentual de população vacinada entre as cidades com mais de 1 milhão de habitantes".

O decreto também cita a situação atual da pandemia na cidade, com a redução das internações, casos e óbitos em decorrência do coronavírus.

"Nós ainda tínhamos vários decretos para a restrição de atividades, por isso trabalhamos com as nossas equipes para poder chegar a esse documento, que deixa claro que não existe mais nenhuma restrição, mas enfatiza que o uso da máscara continua sendo obrigatório, assim como a apresentação do passaporte da vacina", ressaltou o prefeito.

As novas medidas passam a valer ainda nesta quinta-feira, data da publicação do decreto.

Últimas