São Paulo SP realiza Dia D de multivacinação contra gripe em crianças

SP realiza Dia D de multivacinação contra gripe em crianças

Público acima de 6 meses e menor de 5 anos pode receber vacina contra a influenza. Imunização anti-Covid segue normalmente

  • São Paulo | Do R7


SP realiza Dia D de multivacinação para aumentar cobertura vacinal em crianças e adolescentes

SP realiza Dia D de multivacinação para aumentar cobertura vacinal em crianças e adolescentes

Divulgação / Prefeitura de SP

A cidade de São Paulo realiza o Dia D de multivacinação e inicia a imunização contra a gripe em crianças acima de seis meses e menores de cinco anos de idade, no sábado (30). A partir de segunda-feira (2), grávidas e puérperas também poderão receber a vacina contra o vírus influenza.

Para atender o público, todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) estarão abertas, das 8h às 17h, e as AMAs (Assistências Médicas Ambulatoriais)/UBSs Integradas das 7h às 19h. A vacina contra a Covid-19 também estará disponível nestes postos.  

Os pais ou responsáveis devem levar os menores a um dos postos de saúde com a carteira de vacinação para que um profissional avalie quais doses precisarão ser aplicadas.

O Dia D é tem como objetivo melhorar as coberturas vacinais das crianças e jovens no município. No total, serão oferecidos 16 tipos de vacinas que protegem contra cerca de 20 doenças.

"Quem está com as vacinas desatualizadas coloca em risco a própria saúde e a de outras pessoas. Manter a carteira de vacinação em dia é importante não só para as crianças e adolescentes, como para toda a sociedade, já que evita a disseminação das doenças e internações", diz o secretário municipal da Saúde, Luiz Carlos Zamarco.

Para crianças entre 5 e 11 anos de idade, a vacinação de sarampo e Covid-19 não deve ser aplicada simultaneamente, devendo ser priorizada a imunização contra Covid-19. Depois de 15 dias pode ser aplicada a vacina contra o sarampo.

Para a população em geral, acima de 12 anos e trabalhadores da saúde, pode ser feita a imunização simultânea entre as vacinas de sarampo, gripe e Covid-19. 

Desde o início da campanha contra o Sarampo, em 4 de abril, foram aplicadas 43.911 doses contra sarampo, caxumba e rubéola (SCR). Contra influenza, desde 27 de março, foram aplicadas 837.268 doses no público maior de 60 anos e trabalhadores da saúde.

Últimas