São Paulo SP registra a tarde mais fria do ano e madrugada deve bater recorde

SP registra a tarde mais fria do ano e madrugada deve bater recorde

A temperatura de 18°C no início da tarde é a mais baixa para o período; previsão é que madrugada tenha 11°C, com sensação térmica abaixo de 10°C

Pedestres se protegem do frio na Avenida Paulista, na região central de São Paulo

Pedestres se protegem do frio na Avenida Paulista, na região central de São Paulo

FÁBIO VIEIRA/FOTORUA/ESTADÃO CONTEÚDO

A capital paulista registrou nesta terça-feira (4) a tarde mais fria do ano, com temperatura de 18°C, por volta das 14h, no Mirante de Santana, zona norte de São Paulo. Faltando 16 dias para a entrada do inverno, a previsão é que a madrugada de quarta-feira seja também a mais gelada, com os termômetros chegando à casa dos 11°C.

"A manhã de quarta-feira terá temperatura baixa, também na casa dos 11°C, mas com sensação térmica abaixo dos 10°C", afirma a meterologista Amanda Souza, da Somar Meteorologia. Ela explica que a condição de pouca nebulosidade, dia claro e sol favorece a queda da temperatura. 

Para os próximos dias, essas condições devem ser mantidas, sem previsão de chuva e com temperaturas baixas. Até domingo, as máximas não devem chegar a 24°C, afirma a meteorologista.

A expectativa é que este inverno seja menos rigoroso, com ondas de frio intercaladas por períodos de calor, elevando a média da temperatura em comparação com anos anteriores.

Sul

Em Santa Catarina, algumas regiões amanheceram nesta terça-feira com geada e temperatura abaixo de zero. Em Urupema, os termômetros chegaram a marcar -2 ºC. O Planalto Sul e Meio-Oeste foram outros pontos do Estado que registraram 0ºC. Esta é a segunda vez no ano que as temperaturas caem abaixo de 0 ºC. Em abril, Urupema registrou -0,2 ºC.