São Paulo SP tem mais de mil casos de furto e vandalismo de semáforos em 2022, aponta CET

SP tem mais de mil casos de furto e vandalismo de semáforos em 2022, aponta CET

Cidade tem 18 semáforos danificados por dia. Trata-se de um aumento de 77,92% em relação ao mesmo período de 2021

  • São Paulo | Edilson Muniz, da Agência Record

Semáforo danificado na avenida Marquês de São Vicente, na zona oeste de SP

Semáforo danificado na avenida Marquês de São Vicente, na zona oeste de SP

Edu Garcia/R7 - 18.02.2022

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) registrou, nos dois primeiros meses de 2022, 1.112 ocorrências de furto ou vandalismo de equipamentos semafóricos. O número representa, em média, 18 semáforos danificados por dia. Trata-se de um aumento de 77,92% em relação ao mesmo período de 2021, quando foram contabilizadas 625 ocorrências.

Entre janeiro e fevereiro foram reinstalados 79 km de fiação elétrica nos equipamentos alvo de dano ao patrimônio. É a distância aproximada entre São Paulo e a cidade de Guararema, no interior paulista.

O problema se agravou durante o período de pandemia e vem crescendo ano a ano. Para se ter uma ideia, em 2019, ao longo de todo o ano, foram 1.969 ocorrências desse tipo de crime. Em 2020, o número saltou para 4.554. Já em 2021, o registro continuou crescendo, chegando a 5.237. Os números de 2022, até o momento, mostram que a tendência continua sendo de alta.

O vandalismo de um controlador semafórico pode afetar o funcionamento de até cinco cruzamentos semaforizados numa mesma região. A área central da cidade costuma concentrar o maior número de falhas por furto ou vandalismo.

Neste ano, entretanto, verificou-se um aumento significativo nas regiões leste e sudeste. No ano passado tivemos 283 ocorrências de furto/vandalismo em controlador, uma média de 23/mês. No período de janeiro a fevereiro/22 esse número passou para 83 ocorrências, uma média de 41/mês.

Para minimizar o volume das ocorrências, a CET tem feito o alteamento dos controladores semafóricos, a concretagem e soldagem das tampas das caixas de passagem da fiação, bem como das janelas de inspeção das colunas semafóricas. Os danos causam prejuízos e, principalmente, põem em risco a segurança de pedestres e condutores.

A CET mantém conversas frequentes com a Secretaria de Segurança Pública, Polícias Civil e Militar e a GCM para a adoção de medidas que combatam esse tipo de crime tão nocivo à cidade. Em 2021, no ano todo, foram registrados 32 flagrantes de furto ou vandalismo de semáforo. Em 2022, até fevereiro, houve quatro flagras. A população pode ajudar. Ao testemunhar um ato criminoso, denuncie pelo 190 ou 156.

Locais com maior número de furtos no período de janeiro a fevereiro de 2022

● Avenida do Estado

● Estrada do Imperador

● Avenida Calim Eid

● Avenida Marechal Tito

● Avenida Ragueb Chohfi

● Avenida dos Metalúrgicos

● Rua da Consolação

● Avenida Teotônio Vilela

● Avenida Belmira Marim

● Avenida Cruzeiro do Sul

● Avenida Brigadeiro Luís Antônio

● Avenida Jacu Pêssego

● Avenida Alcântara Machado

● Avenida Ipiranga

● Avenida São João

Últimas