São Paulo STJ determina que Farah Jorge Farah vá para a cadeia

STJ determina que Farah Jorge Farah vá para a cadeia

Ex-médico foi condenado depois de matar e esquartejar ex-amante

STJ determina que Farah Jorge Farah vá para a cadeia

STJ determinou imediata execução da pena de Farah

STJ determinou imediata execução da pena de Farah

Hélvio Romero/30.05.2007/Estadão Conteúdo

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) determinou a imediata execução provisória da pena do ex-médico Farah Jorge Farah, condenado em júri popular a 16 anos de reclusão pelo crime de homicídio duplamente qualificado, pena que foi reduzida em apelação para 14 anos e oito meses.

De acordo com o diretor do Decade (Departamento de Capturas e Delegacias Especializadas), Nico Gonçalves, o ex-médico deve ser preso ainda nesta sexta-feira (22).

O pedido do Ministério Público de São Paulo foi acolhido pela Sexta Turma do STJ.

O STJ começou a analisar o pedido em agosto, juntamente com o recurso especial do réu. Um pedido de vista do ministro Sebastião Reis Júnior suspendeu o julgamento.

Na sessão desta quinta-feira (21), o julgamento foi concluído com o colegiado acolhendo o pedido do Ministério Público e rejeitando o recurso especial por unanimidade.

O homem foi condenado depois de matar e esquartejar a ex-amante dentro de seu consultório em 2003.

O corpo da mulher foi achado após dias do crime no porta-malas do carro do ex-médico. O corpo da vítima foi cortado em nove pedaços e distribuído em cinco sacos de lixo.