São Paulo Suspeito de armazenar pornografia infantil no celular é preso em SP

Suspeito de armazenar pornografia infantil no celular é preso em SP

PM foi acionada pelos pais das crianças após perceberem que o homem tirava fotos dos filhos na piscina do condomínio

  • São Paulo | Nayara Paiva e Isabelle Gandolphi, da Agência Record

PM abordou o suspeito em prédio residencial localizado na rua Presidente João Goulart

PM abordou o suspeito em prédio residencial localizado na rua Presidente João Goulart

Google Street View - 24.01.2022

Um homem foi preso suspeito de armazenar no celular conteúdo de pedofilia no bairro de Umuarama, em Osasco, região metropolitana de São Paulo na noite do domingo (23). A Polícia Militar foi acionada pelos pais das crianças fotografadas na piscina.

De acordo com a Polícia Militar, a corporação foi acionada para ir a um prédio residencial na rua Presidente João Goulart.

No local, alguns pais informaram aos policiais que um homem na piscina fotografava seus filhos, com idades entre seis e 14 anos.

De acordo com o relato dos pais, o homem tirava fotos das crianças na piscina desde sábado. Ele teria passado a mão em uma menina de seis anos, mas ela teve medo de contar aos pais.

No domingo, o homem estava, novamente, tirando fotos das crianças. Os pais perceberam a ação e começaram a monitorar. Em certo momento, o suspeito chamou algumas crianças para comer pizza no apartamento dele.

As crianças chegaram a aceitar e seguiam em direção ao homem quando foi interrompido pelos pais. O grupo obteve o celular do homem e encontrou várias fotos das crianças. A polícia foi acionada e o encaminhou à delegacia.

O suspeito está no 5° DP (Osasco), onde o caso foi registrado. Segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública), diligências estão em andamento para esclarecer os fatos e os demais detalhes da investigação serão preservados para garantir a autonomia policial e por se tratar de crime sexual.

Últimas