São Paulo Suspeito de jogar noiva da janela diz ser inocente: 'Fiquei em choque'

Suspeito de jogar noiva da janela diz ser inocente: 'Fiquei em choque'

Em entrevista exlusiva à Record, Natanael Silva relatou que tentou impedir suicídio. Mulher também inocentou o namorado

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Jovem ficou 21 dias preso por conta da acusação e agora responderá à acusação em liberdade

Jovem ficou 21 dias preso por conta da acusação e agora responderá à acusação em liberdade

Reprodução/ Record TV

O jovem Natanael Silva nega que tenha jogado sua noiva, Jheniffer Noveli, pela janela de um prédio durante briga do casal no início deste mês. Em entrevista ao Cidade Alerta, da Record TV, ele disse que sua prisão temporária foi injusta e traumatizante e que na verdade tentou evitar que a companheira se jogasse do prédio onde moravam, em Guarulhos, na Grande São Paulo. 

"Em nenhum momento eu faria isso [empurrar a noiva pela janela]. Eu fiquei em choque, até agora eu estou totalmente traumatizado com tudo o que aconteceu. Você pode perceber na filmagem que eu apareço logo em seguida porque eu fui correr para segurar ela", afirmou. 

"Não fiz nada de errado. Pelo contrário. Infelizmente nós tivemos uma situação de desentendimento por conta da bebida. Eu queria fugir em todo momento da situação, tanto que teve uma hora que acabei saindo. Porque não queria ficar no foco da briga."

A versão dele coincide com a da noiva. Jhenifer também afirmou que tentou se jogar da janela e que o namorado foi impedir. Ela disse que pôs parte do corpo para fora do prédio e pegou impulso no jovem quando ele se aproximou. "Chutei ele e consegui dar impulso para virar o corpo", relatou. Jheniffer girou no ar antes de bater com força no chão. A vítima sofreu apenas ferimentos. Ela quebrou um dente, ficou com hematomas e sofreu um trauma na coluna lombar.

Segundo a análise policial, a jovem foi empurrada por Natanael. O vídeo mostra uma mão de outra pessoa perto do corpo de Jheniffer no momento da queda. Outra pista é o depoimento das testemunhas, que afirmam que houve uma briga entre o casal momentos antes do ocorrido e que Natanael teria quebrado coisas dentro do imóvel. 

Natanael Silva teve a prisão preventiva decretada e passou 21 dias detido. Uma nova decisão da Justiça o pôs em liberdade para responder à acusação, sob a condição de não se aproximar mais de 100 metros da vítima.  

Últimas