São Paulo Suspeito morre em perseguição após fazer idosas reféns em assalto

Suspeito morre em perseguição após fazer idosas reféns em assalto

Cinco homens invadiram casa no Morumbi e amarraram mãe de 101 anos e filha de 72. Quatro deles conseguiram fugir

  • São Paulo | Edilson Muniz, Mariana Rosetti e Isabelle Gandolphi, da Agência Record

Após perseguição, suspeito foi baleado e morto, mas outros quatro fugiram

Após perseguição, suspeito foi baleado e morto, mas outros quatro fugiram

Reprodução Record TV

Um suspeito morreu e outros quatro fugiram após um assalto a uma casa na região do Morumbi, na zona sul de São Paulo, durante a madrugada desta segunda-feira (5). Na ação, mãe de 101 anos e filha de 72 idosas foram mantidas reféns. 

Cinco suspeitos pularam o muro e invadiram a casa de alto padrão no Morumbi. Eles permaneceram no local por mais de duas horas e queriam joias e dinheiro. As mulheres foram amarradas e ameaçadas. Os assaltantes usaram uma arma e facas de cozinha para amedrontar as vítimas enquanto pegavam os pertences da família. Depois fugiram no carro das vítimas.

A Polícia Militar foi acionada e iniciou patrulhamento pelo local. Na região da rua Antônio Ferreira de Castilho, na Vila Andrade, eles se depararam com o carro roubado e deram ordem de parada.

Segundo a Polícia Militar, houve reação dos suspeitos. Um deles apontou a arma para o policial e foi baleado. A equipe de resgate constatou a morte do homem. Os outros quatro fugiram.

Ainda segundo a PM, as equipes que preservaram o local foram hostilizadas por moradores da comunidade de Paraisópolis e foi necessário o uso de armamento não letal para dispersar o grupo. Uma pistola 380 foi apreendida.

A ocorrência foi encaminhada ao DHPP (Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa) por se tratar de morte em decorrência de intervenção policial. As vítimas prestam depoimento.

Últimas