São Paulo Suspeitos atiram contra carro de mulher e levam 60 celulares em SP

Suspeitos atiram contra carro de mulher e levam 60 celulares em SP

Polícia acredita que grupo tinha informações privilegiadas, já que conhecia o trajeto da vítima. Até o momento, ninguém foi preso

  • São Paulo | Letícia Assis, da Agência Record

Quatro suspeitos abordaram uma mulher em um carro e roubaram 60 celulares no Cambuci, na região central de São Paulo, na segunda-feira (18). Até o momento, ninguém foi detido.

Segundo a Polícia Militar, a vítima havia comprado os aparelhos telefônicos no Brás, no centro da capital, pouco antes do crime.

De acordo com o repórter William Leite, da Record TV, a mulher é moradora de Santos, município do litoral paulista, e retornava à cidade quando foi abordada por quatro suspeitos, na Praça Alberto Lion.

O grupo tentou pegar todos os aparelhos, mas a vítima conseguiu acelerar o carro e fugir. Eles, então, dispararam diversas vezes na direção do veículo, mas atingiram apenas uma das rodas.

Um carro de escolta armada passava pelo local no momento dos disparos e também foi atingido. Ninguém ficou ferido.

Suspeitos atiraram contra o carro e obrigaram a vítima a sair do veículo

Suspeitos atiraram contra o carro e obrigaram a vítima a sair do veículo

Reprodução/Record TV - 19.04.2022

A mulher dirigiu até um posto de combustível na avenida Doutor Ricardo Jafet já que estavajá estava com medo de ser sequestrada. Os suspeitos seguiram a vítima e a abordaram novamente. Eles conseguiram pegar todos os celulares e fugiram.

A Polícia Militar foi acionada e conseguiu localizar o carro utilizado pelo grupo no crime na rua Afonso Bandeira de Mello, no Campo Belo, zona sul, próximo ao Aeroporto de São Paulo/Congonhas.

Equipes da corporação fizeram buscas na região para localizar os suspeitos. As imagens das câmeras de segurança no entorno de onde foi encontrado o carro, incluindo as do aeroporto, devem ser analisadas na busca por novas informações.

A Polícia Militar acredita que os suspeitos tinham informações privilegiadas sobre a compra realizada pela vítima. Os locais e os veículos envolvidos são preservados por viaturas da corporação, enquanto aguardam a perícia. A ocorrência foi registrada no 8° DP (Brás). 

Últimas