São Paulo Tarifas de ônibus ficam mais caras em cidades da Grande São Paulo

Tarifas de ônibus ficam mais caras em cidades da Grande São Paulo

Cotia, Itapevi, Osasco, Carapicuíba, Rio Grande da Serra, Franco da Rocha, Taboão da Serra e Barueri tiveram reajustes na passagem

  • São Paulo | Laura Lourenço, Isabelle Gandolphi e André Carvalho, da Agência Record

Osasco, Itapevi, Cotia e Carapicuíba sofreram ajustes no preço da passagem de ônibus

Osasco, Itapevi, Cotia e Carapicuíba sofreram ajustes no preço da passagem de ônibus

Reprodução

Oito cidades da Grande São Paulo anunciaram o aumento do valor da tarifa de ônibus municipais na segunda-feira (25): Cotia, Itapevi, Osasco, Carapicuíba, Rio Grande da Serra, Franco da Rocha, Taboão da Serra e Barueri.

Os oito municípios aumentaram a tarifa em R$ 0,50, reajustando, então, o valor de R $4,50 para R$ 5,00.

Doze cidades da região ainda não reajustaram o valor da passagem esse ano. São elas: Ferraz de Vasconcelos, Itapecerica da Serra, Itapevi, Jandira, Cajamar, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Embu das Artes, Suzano, São Roque, Santana de Parnaíba e São José dos Campos.

Algumas cidades possuem apenas ônibus intermunicipal, que são de responsabilidade do estado: Paraibuna, Salesópolis e Santa Branca. E outras duas possuem transporte gratuito para os munícipes, sendo elas Pirapora do Bom Jesus e São Lourenço da Serra.

Últimas