São Paulo Temporal provoca deslizamento, bloqueios e erosões em Peruíbe (SP)

Temporal provoca deslizamento, bloqueios e erosões em Peruíbe (SP)

Apenas na avenida da praia, Mário Covas, há 4 pontos onde solo veio abaixo. Há desabrigados e a serra do Guaraú está interditada

  • São Paulo | Joyce Ribeiro, do R7

Resumindo a Notícia

  • Em 24 horas, choveu 255 mm no centro de Peruíbe, no litoral paulista
  • Houve deslizamentos de terra na serra do Guaraú, que está interditada
  • Avenida Mário Covas está bloqueada parcialmente em quatro diferentes pontos de erosão
  • Escola foi preparada para receber desabrigados após chuvas
Avenida Mário Covas, que beira a praia, tem quatro pontos de erosão após chuvas

Avenida Mário Covas, que beira a praia, tem quatro pontos de erosão após chuvas

Divulgação / Prefeitura de Peruíbe

A forte chuva que atingiu a cidade de Peruíbe, no litoral de São Paulo, na madrugada desta terça-feira (19), provocou alagamentos com bloqueio de vias, erosões na avenida Mário Covas e houve novamente deslizamentos de terra na Estrada do Guaraú, que está totalmente interditada.

De acordo com a prefeitura, em 24 horas choveu 255 milímetros no centro de Peruíbe. Em um período de apenas três horas, foram cerca de 210 milímetros. Os números representam quase o dobro da média dos últimos dois anos para o mês de janeiro. Segundo a Defesa Civil, Peruíbe foi o município onde mais choveu no estado nas últimas horas.

Diversos bairros foram afetados pelo temporal. Na principal avenida que beira a praia, são registrados quatro pontos de erosão. O solo veio abaixo e se formaram crateras na avenida Governador Mário Covas Júnior. A maior fica no bairro Nova Peruíbe. Segundo a prefeitura, o trânsito está parcialmente bloqueado nos trechos.

Deslizamentos de terra ocorreram duas vezes na serra do Guaraú

Deslizamentos de terra ocorreram duas vezes na serra do Guaraú

Divulgação / Prefeitura de Peruíbe

Devido à intensidade da chuva, pontos de alagamento persistem na cidade. Apenas em alguns locais, a água já escoou.

Foram registrados dois deslizamentos de terra na Estrada do Guaraú. O segundo ocorreu no fim da manhã, no mesmo local onde já havia acontecido outros desmoronamentos. Equipes da prefeitura, Defesa Civil, Guarda Civil Municipal e Corpo de Bombeiros dão apoio nos locais mais atingidos.

O temporal deixou 58 desabrigados. As vítimas foram levadas para a escola municipal Professora Delcélia. Equipes da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social e do Fundo de Solidariedade prestam os atendimentos.

Funcionários da Prefeitura de Peruíbe trabalham desde o início da noite de segunda-feira (18) quando as fortes chuvas começaram a atingir a cidade. Representantes da Defesa Civil Estadual e do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) também estão no local para vistoriar as regiões afetadas.

A prefeitura divulgou os telefones 153 ou 199 para os que precisarem de ajuda.

Apesar de a chuva ter dado uma trégua, ainda há previsão de novos temporais nesta terça-feira. São esperados 38 milímetros, de acordo com o Tempo Agora. Com o solo encharcado, há risco de deslizamentos e alagamentos.

Últimas