Vargem Grande Paulista começa programa de tarifa zero no ônibus

Cidade da Grande SP é a 14ª no país a não cobrar pela passagem no transporte municipal. Programa acontece em parceria com iniciativa privada

Transporte municipal de Vargem Grande Paulista passou a ser de graça

Transporte municipal de Vargem Grande Paulista passou a ser de graça

Divulgação/Prefeitura Vargem Grande Paulista

Os moradores de Vargem Grande Paulista (Grande São Paulo) não precisam mais pagar para andar no transporte público. Começou a valer nesta terça-feira (5) o programa de tarifa zero implementado pela prefeitura do município.

A gratuidade no transporte municipal foi anunciada pelo prefeito Josué Ramos no dia 23 de outubro. Até a última segunda-feira (4), os usuários de ônibus do município precisavam pagar R$ 3,70 de passagem. 

Leia também: País europeu garante transporte público 100% gratuito

De acordo com a Prefeitura de Vargem Grande Paulista, a tarifa zero é uma parceria com iniciativa privada, que deve pagar uma taxa mensal referente ao que já é gasto com vale transporte de funcionários. Segundo o prefeito, os empresários vão ajudar a subsidiar o transporte municipal e gastarão ainda menos.

O programa para reduzir o valor da tarifa a zero começou quando a prefeitura analisou o valor que teria que investir para melhorar o transporte municipal, com implementação de novas linhas e horários, além de acréscimo de mais coletivos.

A gestão municipal teria que pagar para a terceirizada que era responsável pelos ônibus na cidade o valor de R$ 460 mil por mês de subsídio e a empresa ainda aumentaria o valor da tarifa de R$ 3,70 para R$ 4,50.

Com a tarifa zero, a prefeitura vai terceirizar a frota e os motoritas, e o subsídio reduz para R$ 368 mil mensais. Além desse valor, os empresários pagarão uma taxa para o FMTU (Fundo Municipal de Transporte e Trânsito Urbano), criado em lei municipal deste ano.

O fundo ainda conta com valores provenientes de multas de trânsito, taxas de publicidades em pontos de ônibus, tarifa do transporte de passageiro de empresas privadas, entre outras coisas.

“Estamos seguindo exemplos de algumas cidades da Europa. No Brasil Vargem Grande Paulista será a 14ª cidade a oferecer gratuidade no transporte”, disse o prefeito do município.

Nos primeiros 60 dias, o transporte gratuito vai ser subsidiado totalmente pela prefeitura. Após esse prazo, os ônibus serão mantidos pela receita do FMTU. As empresas vão pagar a taxa do transporte apenas a partir de 2020. 

Para utilizar o transporte gratuitamente, os moradores terão 60 dias para se cadastrar e fazer o cartão que deve ser apresentado no embarque. O mesmo procedimento e no mesmo prazo deve ser feito pelas empresas.