São Paulo Vigilante de hospital entra em coma após ser agredido no Campo Limpo

Vigilante de hospital entra em coma após ser agredido no Campo Limpo

Paciente queria agilidade no atendimento e dizia estar armado. Após acionar a polícia, segurança foi brutalmente atacado pelo homem e seu sobrinho

Vigilante foi agredido na recepção do Hospital municipal do Campo Limpo

Vigilante foi agredido na recepção do Hospital municipal do Campo Limpo

Reprodução/ Google Streets

Um segurança de hospital entrou em coma após ser brutalmente agredido po um rapaz e seu tio, na recepção do hospital municipal do Campo Limpo, zona sul de São Paulo, na tarde do último domingo (21).

Leia também: Vídeo: homem é baleado após roubar R$ 150 mil no Morumbi

Testemunhas relatam que um rapaz deu entrada no hospital mancando e reclamando de fortes dores, pois teria sofrido um acidente de moto. Ainda segundo as testemunhas, o rapaz estava estressado com a demora no atendimento e que a todo instante fazia menções de que poderia estar armado.

O vigilante ligou para a polícia, o que gerou mais revolta do então paciente. Ele ligou para outro homem, que seria seu sobrinho. Ao chegar à unidade, o sobrinho e seu tio começaram a agredir o vigilante, que não teve chances de defesa.

O profissional foi agredido de forma brutal, o que gerou inicialmente uma convulsão. A vítima foi encaminhada a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) com traumas na cabeça e colocado em coma induzido.

Os dois suspeitos foram presos em flagrante por lesão corporal. De acordo com a polícia, não foi constatado o porte de arma de fogo. Segundo o hospital, a vítima já saiu do coma, mas seu estado ainda é grave.

Últimas