São Paulo Vítima de ataques em Araçatuba (SP) tem piora e é intubada

Vítima de ataques em Araçatuba (SP) tem piora e é intubada

Paciente passaria por uma cirurgia para a retirada de um projétil alojado em um dos braços, mas teve problemas respiratórios

Criminosos usaram reféns para fazer escudo humano

Criminosos usaram reféns para fazer escudo humano

Reprodução/Record TV

Quatro dias após o ataque às agências bancárias de Araçatuba, no interior de São Paulo, uma das vítimas, que foi baleada no rosto e nos braços durante a ação, teve uma piora no quadro clínico, precisou ser intubada e está na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), de acordo com o boletim médico da Santa Casa da cidade na manhã desta quinta-feira (2).

O paciente, de 31 anos, passaria por uma cirurgia na quarta (1) para a retirada de um projetil alojado em um dos braços. No entanto, segundo o boletim, ele registrou intercorrência respiratória e precisou ser intubado. O quadro clínico é considerado grave, porém estável.

As outras três vítimas do ataque, de 26, 28 e 38 anos, continuam internadas e, ainda de acordo com a Santa Casa de Araçatuba, apresentam uma boa evolução, com quadro clínico estável, após passarem por procedimentos cirúrgicos.

A ação do grupo fortemente armado deixou ao menos três mortos e cinco feridos, sendo que um deles teve alta.

*Estagiária sob supervisão de Fabíola Perez

Últimas