São Paulo Xepa da bivalente: Prefeitura de São Paulo libera lista de espera para maiores de 18 anos

Xepa da bivalente: Prefeitura de São Paulo libera lista de espera para maiores de 18 anos

Ministério da Saúde autorizou nesta semana a administração de doses da vacina em qualquer cidadão adulto

Agência Estado
Resumindo a Notícia
  • Prefeitura de São Paulo libera lista de espera para maiores de 18 anos para vacina bivalente.

  • Ministério da Saúde autorizou aplicação de doses em qualquer cidadão adulto.

  • Para receber o imunizante, cidadãos devem procurar a UBS mais próxima à residência.

Bivalente é uma atualização da vacina contra Covid

Bivalente é uma atualização da vacina contra Covid

Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

As pessoas acima de 18 anos da cidade de São Paulo poderão se inscrever na lista da xepa a partir desta quinta-feira (27) para receber as dose remanescente da vacina bivalente contra Covid-19. A informação foi anunciada pela Prefeitura da capital na última quarta-feira (26).

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram

As inscrições devem ser feitas nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) mais próximas da residência, e a aplicação só será feita caso ainda restarem doses remanescentes no fim do expediente dos postos.

Na última segunda-feira (24), o Ministério da Saúde ampliou a vacinação contra a Covid-19 com a dose bivalente para toda população acima de 18 anos. O planejamento regional da extensão da cobertura vacinal ficou a cargo dos municípios em função da quantidade de vacina disponível e do tamanho da população elegível em cada cidade.

Na capital paulista, a proteção está sendo oferecida para pessoas a partir de 50 anos e demais grupos prioritários (veja a lista abaixo). De acordo com a SMS (Secretaria Municipal da Saúde), São Paulo recebeu 161 mil doses do imunizante na última terça-feira (25), mas o número é insuficiente para atender todos os que podem ser vacinados.

Segundo a Prefeitura, 1.119.377 doses da vacina bivalente foram aplicadas na capital até a última quarta-feira, e a abertura para novas faixas etárias será feita conforme o recebimento de novos lotes da vacina.

Segundo especialistas, a vacina bivalente é a mais eficiente dentre as disponíveis porque induz a produção de anticorpos contra a cepa original do vírus SarsCov-2 e também contra as novas variantes que surgiram ao longo da pandemia e hoje são predominantes.

Em nota, o secretário municipal da Saúde, Luiz Carlos Zamarco, afirmou que a distribuição dos imunizantes restantes evita o risco de desperdício das vacinas. "Propicia o direcionamento correto das doses remanescentes", disse.

Confira quem pode se vacinar com a vacina bivalente em São Paulo:

- Pessoas acima de 50 anos;
- Pessoas maiores de 12 anos com imunossupressão ou com comorbidades;
- Indígenas;
- Gestantes e puérperas;
- Residentes e trabalhodores de Instituições de Longa Permanência da cidade de São Paulo;
- Profissionais da saúde;
- Pessoas com deficiência física permanente;
- População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional;
- População em situação de rua.

Últimas