Saúde Agência Europeia lista outro efeito colateral na vacina da Janssen 

Agência Europeia lista outro efeito colateral na vacina da Janssen 

Bula do imunizante pode ter também tipo raro de inflamação espinhal, chamado mielite transversa, como efeito colateral

  • Saúde | Do R7, com Reuters

Bula da vacina da Janssen pode ter mais um efeito colateral

Bula da vacina da Janssen pode ter mais um efeito colateral

Robyn Beck/AFP - 19.08.2021

A EMA (Agência Europeia de Medicamentos) recomendou nesta quinta-feira (11) a inclusão de um tipo raro de inflamação espinhal, chamado mielite transversa, como efeito colateral da vacina contra a Covid-19 de dose única da Janssen.

Relatos da doença neurológica séria também estiveram no centro das atenções nos testes iniciais para desenvolvimento dos imunizantes da AstraZeneca (AZN.L) e da própria Janssen, que são baseadas na tecnologia de "vetor viral". Nesse caso, outro vírus é usado como portador, sendo modificado para carregar no organismo as informações genéticas que permitirão combater a infecção pelo Sars-CoV-2.

Dando atualizações à segurança de todas as vacinas contra o coronavírus, a EMA disse que estava avaliando relatos de uma condição rara do sangue conhecida como síndrome de vazamento capilar (CLS) após a aplicação da Moderna (MRNA.O). 

Foram registrados seis casos de CLS, e a agência está avaliando todos os dados, mas ainda não há evidência da associação causal entre as notificações e a vacina.

No CLS, os fluidos vazam dos menores vasos sanguíneos, causando inchaço e queda na pressão arterial. A condição também foi estudada com vacinas da AstraZeneca e da Janssen. 

A EMA disse que atualmente não há evidências suficientes para uma possível ligação entre os casos raros de síndrome inflamatória multissistêmica (MIS) e as vacinas baseadas em mRNA da Moderna e da Pfizer. 

Últimas