Saúde Anvisa e Pfizer se reúnem para discutir uso da vacina em crianças

Anvisa e Pfizer se reúnem para discutir uso da vacina em crianças

Segundo a agência, a farmacêutica informou que a dose do imunizante será menor para crianças de 5 a 11 anos

  • Saúde | Do R7

A vacina da Pfizer tem registro definitivo no Brasil desde 23 de fevereiro deste ano

A vacina da Pfizer tem registro definitivo no Brasil desde 23 de fevereiro deste ano

Patrick T. Fallon/AFP

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e a Pfizer se reuniram nesta terça-feira (9) para discutir a solicitação de uso da vacina anti-Covid produzida pela farmacêutica em crianças de 5 a 11 anos. O imunizante já tem autorização para ser usado em pessoas com 12 anos ou mais.

Em nota, a agência informou que o encontro de pré-submissão do pedido é utilizado pelos laboratórios para apresentar os dados técnicos logo antes do envio formal do pedido.

A Pfizer informou que a dose do imunizante para a faixa etária será ajustada para uma quantidade menor que a usada em pessoas com 12 anos ou mais, devido a uma nova formulação desenvolvida pela empresa.

“A Pfizer indicou que o pedido será apresentado em breve, mas a data exata depende do laboratório. O prazo de avaliação da Anvisa tem início somente a partir do recebimento formal do pacote de dados e informações completas que sustentem a indicação para o público infantil”, diz o comunicado.

Últimas