Saúde Bruno Gagliasso passa por cirurgia na tireoide; entenda

Bruno Gagliasso passa por cirurgia na tireoide; entenda

Procedimento, segundo assessoria do ator, foi simples; médico explica que nódulos benignos na glândula são comuns ao longo da vida

Gagliasso foi operado na quinta-feira, em hospital carioca

Gagliasso foi operado na quinta-feira, em hospital carioca

Reprodução/Instagram

O ator Bruno Gagliasso, de 37 anos, foi submetido na quinta-feira (12) a uma cirurgia na glândula tireoide. Ele está internado em um hospital na zona sul do Rio de Janeiro e deve receber alta nesta sexta-feira (13). Segundo a assessoria dele, tratou-se de uma "operação simples" e o artista passa bem.

Embora a assessoria de Gagliasso não tenha dito o que foi removido da tireoide, o médico endocrinologista Renato Zilli, do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, explica que cistos simples (conteúdo líquido parado) não requerem intervenção cirúrgica. Ele ressalta que os nódulos é que costumam ser operados.

"Os nódulos são muito comuns, principalmente em mulheres acima dos 40 anos, mais da metade tem. O que precisa é ser investigado para ver se não é maligno. A maioria é benigno, mas entre 3% e 6% são malignos [câncer]."

Zilli ressalta ainda que a maior parte dos nódulos na tireoide não são palpáveis, sendo encontrados em exames de rotina, como ultrassom. Além disso, grande parte são nódulos chamados frios — não interferem no funcionamento da glândula, que produz hormônios metabólicos.

Todos os nódulos, acrescenta o especialista, devem ser avaliados com mais profundidade antes de uma eventual intervenção cirúrgica.

"A tireoide antigamente se operava muito, qualquer lesão de tireoide se indicava cirurgia. Hoje em dia, a gente é mais parcimonioso em operar."