Saúde Coliformes fecais à mesa: panos de prato podem conter as mesmas bactérias encontradas na privada

Coliformes fecais à mesa: panos de prato podem conter as mesmas bactérias encontradas na privada

Estudos mostram que é uma péssima ideia secar a louça com uma toalha, pois há risco de contaminação por diversos patógenos

  • Saúde | Fernando Mellis, do R7

Principal coliforme fecal encontrado nos panos foi a bactéria E. coli

Principal coliforme fecal encontrado nos panos foi a bactéria E. coli

Freepik

Se você está acostumado a utilizar panos para secar a louça, talvez seja a hora de começar a abandonar este hábito. Estudos recentes mostram que as toalhas utilizadas na cozinha podem ser fontes de bactérias, inclusive as mesmas encontradas em vasos sanitários, nocivas à saúde.

Um trabalho conduzido por pesquisadores da Universidade de Ulster, na Irlanda do Norte, em parceria com a empresa Eolas international, revelou que 27,5% dos panos de cozinha domésticos em uso mostravam a presença da bactéria Escherichia coli, também chamada de E. coli, classificada como o principal coliforme fecal.

Segundo o Manual MSD de Diagnóstico e Tratamento, as doenças mais frequentes causadas pela E. coli são infecções do trato urinário, infecções intestinais, infecções da vesícula biliar e infecções de feridas.

Além disso, certas cepas de E. coli podem causar inflamação grave e danos ao cólon, levando a condições como a colite.

O estudo também encontrou a bactéria Listeria spp. em 13,5% dos panos usados em cozinhas, incluindo a Listeria monocytogenes em 3% deles.

Essa última é responsável por provocar a listeriose, uma condição que se manifesta com febre, calafrio, dores musculares, enjoo, vômito e diarreia. São, basicamente, condições chamadas de infecção alimentar

Normalmente, o quadro se resolve sozinho, mas pode ser potencialmente grave para grávidas, recém-nascidos, idosos e pessoas com o sistema imunológico comprometido.

Em 2017, pesquisadores escreveram no Journal of Food Protection que as esponjas e os panos de prato podem ser um foco de bactérias na cozinha.

Eles descobriram que esponjas e panos de prato contaminados com coliformes fecais ou Staphylococcus aureus — esses últimos causadores de infecções graves — eram mais propensos a contaminar outras superfícies na cozinha.

Isso significa que as esponjas e os panos de prato podem espalhar bactérias por toda a cozinha, contaminando alimentos e objetos usados para cozinhar. 

Em outro estudo, realizado por pesquisadores do Departamento de Solo, Água e Ciências Ambientais da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, as descobertas sobre os panos de cozinha também foram preocupantes.

O grupo analisou amostras de 82 panos de prato usados ​​de residências aleatórias nas cidades de Chicago, Nova Orleans, Orlando e Tucson, todas nos EUA, além de Toronto, no Canadá.

Em laboratório, eles cultivaram os panos e constataram que 89% deles continham coliformes fecais. A bactéria E. coli foi encontrada em uma proporção semelhante à do outro estudo: em 25,6% das toalhas.

Por que isso acontece?

Pia da cozinha é um local de acúmulo de bactérias devido aos restos de alimentos

Pia da cozinha é um local de acúmulo de bactérias devido aos restos de alimentos

Freepik

Os panos de prato são utilizados em um ambiente (cozinha) em que há uma infinidade de restos de alimentos, matéria que entra em decomposição com o passar das horas.

Essa decomposição gera bactérias, que podem proliferar mais rapidamente devido à umidade e à temperatura do ambiente. Ou seja, o contato do pano com superfícies potencialmente infectadas por essas bactérias com as mãos e os pratos pode levar ao que se chama de contaminação cruzada.

Cabe ressaltar que a pia, a esponja de louça e outros espaços da cozinha também são frequentemente locais com grandes concentrações de patógenos potencialmente nocivos à saúde.

Toalhas de cozinha, maçanetas de fogão a gás, maçanetas de geladeira, torneiras de água e esponjas de cozinha são os itens mais comuns nas cozinhas que transmitem bactérias patogênicas e devem ser desinfetados rotineiramente após o preparo de alimentos com desinfetantes eficazes, alerta um estudo publicado no Egyptian Pharmaceutical Journal, em 2015.

Como minimizar o risco

O ideal é deixar a louça secar no próprio escorredor

O ideal é deixar a louça secar no próprio escorredor

Freepik

Uma das principais recomendações de especialistas é jamais secar a louça com panos. Se não for possível deixá-la no escorredor, utilize toalhas de papel descartáveis.

Ferver os panos de prato ou lavá-los em máquina de lavar doméstica mostrou-se confiável e eficaz na descontaminação de todos os tipos de pano de prato domésticos, sugere o estudo irlandês.

Além da lavagem constante das mãos durante as tarefas na cozinha, sugere-se ter um pano para secá-las e outro para usar nas superfícies.

A limpeza das bancadas e tábuas de corte, por exemplo, deve ser feita de maneira minuciosa, evitando sempre que vários alimentos diferentes — por exemplo, carnes e vegetais que serão consumidos crus — estejam em contato ao mesmo tempo.

Sete bactérias e fungos que provocam doenças fatais

Últimas