Saúde Covid pode causar encolhimento do cérebro e perda de memória, indica estudo

Covid pode causar encolhimento do cérebro e perda de memória, indica estudo

Pesquisa feita pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, mostra que sequelas podem acontecer mesmo em casos leves da doença

Reuters - Internacional
Ensaio sugere mais investigação para saber se problemas no cérebro podem ser revertidos

Ensaio sugere mais investigação para saber se problemas no cérebro podem ser revertidos

Pixabay

Covid-19 pode fazer o cérebro encolher, reduzir a massa cinzenta nas regiões que controlam a emoção e a memória e danificar áreas que comandam o olfato, segundo estudo da Universidade de Oxford.

Os cientistas disseram que os efeitos se verificaram até em pessoas que não foram hospitalizadas com Covid, e é preciso mais investigação para descobrir se o impacto pode ser parcialmente revertido ou se persistiria a longo prazo.

"Há fortes evidências de anormalidades relacionadas ao cérebro na Covid-19", afirmaram os pesquisadores em seu estudo, divulgado na última segunda-feira (7).

Mesmo em casos leves, os participantes da pesquisa mostraram "uma piora da função executiva" responsável pelo foco e organização e, em média, o tamanho do cérebro encolheu entre 0,2% e 2%.

O estudo revisado por pares, publicado na revista Nature, investigou alterações cerebrais em 785 participantes com idade entre 51 e 81 anos cujo cérebro foi examinado duas vezes, incluindo 401 pessoas que pegaram Covid entre os dois exames. O segundo exame foi feito, em média, 141 dias após o primeiro.

A pesquisa foi realizada quando a variante Alpha era dominante no Reino Unido, e é improvável que inclua pessoas infectadas com a variante Delta.

O estudo mostrou que algumas pessoas que tiveram Covid sofriam de "confusão mental", o que incluía comprometimento da atenção, concentração, velocidade de processamento de informações e memória.

Últimas