Saúde Cuidado! Leite estragado pode causar intoxicação alimentar

Cuidado! Leite estragado pode causar intoxicação alimentar

Nutricionista dá dicas de como conservar o leite após ser aberto

Cuidado! Leite estragado pode causar intoxicação alimentar

Leite estragado pode causar desde uma irritação gástrica até uma intoxicação ou gastroenterite bacteriana severa

Leite estragado pode causar desde uma irritação gástrica até uma intoxicação ou gastroenterite bacteriana severa

Getty Images

Bom dia! O leite é um dos alimentos que fazem parte da mesa de muitos brasileiros, não é mesmo? A bebida agrada desde as crianças até os mais idosos. Mas é preciso tomar cuidado ao armazenar o produto, pois o leite estragado ou adulterado pode causar vários problemas à saúde.

A nutricionista Gisela Peres explica que a bebida estragada pode causar desde uma irritação gástrica até uma intoxicação ou gastroenterite bacteriana severa (intoxicação alimentar que pode ser provocada por diferentes bactérias como a salmonela).

Os sintomas variam de acordo com o tipo de contaminação do produto, que pode ser por adulteração na sua composição original, manipulação inadequada ou armazenamento inadequado.

— Se ocorre alguma falha no processo, esse leite apresenta uma acidez maior, podendo ser adicionadas substâncias para mascarar esse sabor e aumentar o tempo de conservação, de forma que não talhe e que o conteúdo próprio seja separado do soro.

Bebê morre de overdose após ingerir leite materno contaminado

Segundo a nutricionista, o leite de boa qualidade tem o sabor suave e só deve ser deixado fora da geladeira depois de aberto se for para coagular, para fazer coalhada ou queijo, por exemplo. O importante é observar sempre a data de validade e, mesmo dentro desse prazo, descartá-lo na dúvida de cheiro ou aspecto duvidoso.

— Na hora de guardar na geladeira, deixe o produto com a abertura bem lacrada, para evitar a chamada contaminação cruzada com outros alimentos guardados próximo a ele. E descartar se o conteúdo não for consumido em até três dias.

Adultos também têm intolerância ao leite de vaca