Saúde Entenda o cateterismo, exame de coração feito por Zezé Di Camargo

Entenda o cateterismo, exame de coração feito por Zezé Di Camargo

Cantor teve dor no peito e precisou fazer o procedimento para desentupir veias que levam sangue para o coração

  • Saúde | Do R7

Cantor foi internado após sentir dor no peito e precisou passar pelo procedimento

Cantor foi internado após sentir dor no peito e precisou passar pelo procedimento

Reprodução/Instagram

Zezé Di Camargo passou por um susto no último fim de semana. No domingo (9), o cantor sentiu indisposição e dor no peito, correu para o hospital para fazer exames e foram contatadas algumas alterações. O artista teve de passar por um exame chamado cateterismo e segue internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. 

Zezé usou suas redes sociais para acalmar os fãs e explicou que a internação por todos esses dias foi para observação, mas já está ótimo e logo estará de volta em casa.  

O cateterismo é um procedimento simples utilizado para diagnosticar obstruções nos vasos sanguíneos que irrigam o coração e detectar outros problemas estruturais do órgão para descobrir se o paciente tem alguma doença cardíaca. 

As obstruções nas artérias coronárias limitam ou impedem a passagem do sangue para o coração. Se o fluxo está interrompido, o músculo cardíaco pode sofrer um infarto.

Segundo Breno de Alencar Araripe Falcão, cardiologista intervencionista da Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI), o cateterismo é um procedimento minimamente invasivo, realizado por meio de uma picada no punho ou na virilha, feito enquanto o paciente está sedado.

“Nos casos que se faz apenas a etapa diagnóstico, na maioria dos casos o paciente vai para casa no mesmo dia. Quando há necessidade de realizar a desobstrução por meio do cateter que envolve o implante do stent,  procedimento chamado de angioplastia, em geral o paciente vai para casa no dia seguinte se sentindo muito bem, com recuperação bastante rápida”, afirma.

O cardiologista destaca, ainda, que o cateterismo é um procedimento seguro, amplamente realizado, e atualmente é o principal instrumento para o tratamento de doença coronariana mais significativa.

Prevenção e sintomas

Há alguns sintomas que podem indicar a presença de obstrução coronariana, são eles: desconforto no peito, que pode irradiar para o braço; queixo ou suor frio; mal estar; e falta de ar. Caso algum desses sinais seja identificado, um médico deve ser consultado imediatamente.

“No que diz respeito ao coração, dizemos que ‘tempo é músculo’, [porque] quanto mais rápido se detecta e se corrige essas obstruções, menores são as sequelas e melhor é a recuperação do paciente”, garante o cardiologista.

Segundo Araripe Falcão, a melhor maneira de prevenir a doença coronária é evitando alguns fatores de risco, como fumar, e estar com a pressão arterial descontrolada, assim como a diabetes e o colesterol. Cuidados com a alimentação também são importantes, além da prática regular de exercícios físicos.

“É muito importante realizar check-ups periódicos para que o médico possa detectar esses fatores e sinais iniciais da doença, antecipando problemas e prevenindo complicações”, afirma o cardiologista.

Últimas