Saúde Excesso de Viagra como de Maradona pode provocar queda de pressão e até morte 

Excesso de Viagra como de Maradona pode provocar queda de pressão e até morte 

Medicamento funciona como vasodilatador e pode agravar problemas cardíacos

  • Saúde | Vanessa Sulina, do R7*

Maradona teria começado a tomar o medicamento para ter um filho com sua atual  namorada, 20 anos mais jovem que o craque

Maradona teria começado a tomar o medicamento para ter um filho com sua atual namorada, 20 anos mais jovem que o craque

Reprodução/Facebook

O ex-jogador de futebol Diego Maradona teve seu nome envolvido em mais uma polêmica nesta semana. De acordo com a emissora de TV El Trece, da Argentina, o atleta estaria tomando quatro comprimidos do remédio Viagra por dia. De acordo com o canal de TV, o consumo por Maradona estaria causando preocupação em sua família, já que a alta dose do medicamento pode causar graves consequências à saúde. Segundo especialistas ouvidos pelo R7, a utilização de quatro doses diárias do medicamento pode resultar em problemas cardíacos e até levar à morte.

O urologista do Hospital A.C Camargo e diretor de comunicação da SBU (Sociedade Brasileira de Urologia), Carlos Sacomani, explica que o Viagra age como “vasodilatador, por isso, se for consumido em quantidade superior pode provocar diversas consequências ao organismo".

— Se consumido em altas doses, o sildenafil [nome técnico do Viagra] pode causar dores de cabeça intensas, vermelhidão pelo corpo, quedas de pressão e até mesmo levar à morte.

Viagra: uso consciente garante o sucesso na cama

O urologista membro do departamento de andrologia da SBU Eduardo Bertero ainda complementa que pessoas com doenças cardiovasculares são mais suscetíveis a sofrer complicações, como o infarto, pois os efeitos do medicamento podem sobrecarregar o coração.

De acordo com médico, a quantidade supostamente utilizada pelo ex-jogador "é quatro vezes maior que o padrão".

― O padrão é uma receita de um comprimido de 50 mg antes da relação sexual. Dosagens de 100 mg ou 200 mg são muito raras e devem ser analisadas individualmente. Geralmente, a dosagem máxima que os médicos procuram receitar é de 100 mg. O valor ideal para o paciente tomar será estipulado pelo médico.

Viagra é utilizado, principalmente, para tratar impotência sexual

Viagra é utilizado, principalmente, para tratar impotência sexual

Thinkstock

O que é o Viagra e para que serve?

O Viagra é um medicamento utilizado principalmente para tratamento de impotência sexual. Segundo Sacomani,o remédio “é vendido livremente em farmácias sem a necessidade de prescrição médica”.

― A principal contraindicação do Viagra é para pessoas doentes que utilizam nitrato para tratar problemas do coração. Em casos como esse, o remédio não pode ser prescrito.

De acordo com Bertero, o medicamento pode ser prescrito para qualquer pessoa, desde que haja a necessidade, e a pessoa não sofra de problemas em que o uso é contraindicado.

― Temos que ter cuidado para que os jovens não comecem a tomar o medicamento porque “falharam” uma vez. O Viagra não serve para tratar problemas esporádicos, mas sim aqueles que são recorrentes.

Apesar de ser conhecido por tratar a impotência sexual, Bertero conta que o Viagra também é utilizado no tratamento de hipertensão pulmonar, problema mais recorrente em crianças.

― Por ser um vasodilatador, o Viagra é utilizado em doses menores para tratar esse problema, mas geralmente só é utilizado em hospitais.

*Colaborou: Luiz Guilherme Sanfins, estagiário do R7

Últimas