Saúde Meninas de 14 anos se submetem a cirurgia para ‘redesenhar’ vagina

Meninas de 14 anos se submetem a cirurgia para ‘redesenhar’ vagina

Quanto mais cedo se passa pelo procedimento estético, maiores são as chances de complicações futuras

Meninas de 14 anos se submetem a cirurgia para ‘redesenhar’ vagina

Anomalias labiais que requerem intervenções cirúrgicas são raras

Anomalias labiais que requerem intervenções cirúrgicas são raras

Getty Images

Meninas de 14 anos vêm se submetendo a um tipo de cirurgia para ‘redesenhar’ a vagina.

Segundo pesquisadores do hospital da University College, em Londres, foram realizadas 343 labioplastias — redução do excesso de pele dos pequenos lábios vaginais que se projetam para fora — nos últimos seis anos no sistema público de saúde do Reino Unido.

“Couve-flor” de Geisy Arruda pode trazer desconforto na relação sexual

Os autores do estudo que foi baseado em levantamento, no entanto, alertam para a chance de riscos associados a esse tipo de tratamento, segundo o tabloide The Sun.

"As indicações da cirurgia para essa faixa etária são desconhecidas, mas as anomalias labiais que requerem intervenções cirúrgicas são extremamente raras", indicam os especialistas no texto.

Higiene íntima: 10 dicas para o sexo feminino

Excesso ou falta de higiene íntima feminina é prejudicial à saúde

Vale ressaltar que os lábios vaginais crescem ao longo do tempo. Então, quanto mais cedo uma menina passar por esse tipo de cirurgia estética maiores são as chances de complicação no futuro.