Saúde Número de anticorpos quintuplica com a 4ª dose da vacina anti-Covid

Número de anticorpos quintuplica com a 4ª dose da vacina anti-Covid

Informação é de estudo israelense, que concluiu segurança de mais uma dose adicional do imunizante

AFP
  • Saúde | por AFP

Uma enfermeira israelense foi a primeira pessoa a tomar a quarta dose da vacina da Pfizer

Uma enfermeira israelense foi a primeira pessoa a tomar a quarta dose da vacina da Pfizer

JACK GUEZ / AFP

A aplicação da quarta dose da vacina contra a Covid-19 é "segura" e aumenta em cinco vezes o número de anticorpos, disse o primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, nesta terça-feira (4), em visita a um hospital que realizou um estudo sobre o assunto. 

Bennet disse que a aplicação da quarta dose em 154 funcionários no Hospital Sheba, perto de Tel Aviv, demonstrou que o procedimento "funciona". 

"Uma semana após a quarta dose, sabemos com alto nível de certeza que a quarta dose é segura", disse ele ao lado da professora Galia Rahav, chefe da unidade de doenças infecciosas de Sheba e diretora do estudo. 

“Uma semana após a administração da quarta dose, observamos que o número de anticorpos da pessoa vacinada quintuplicou”, acrescentou. 

"Isso provavelmente significa um aumento significativo na proteção contra infecções, hospitalização e sintomas graves", continuou ele, observando que o centro publicará suas conclusões em breve. 

Na sexta-feira, Israel começou a administrar a quarta dose a pessoas com imunidade baixa e na segunda-feira expandiu essa medida a profissionais de saúde e pessoas com mais de 60 anos, tornando-se um dos primeiros países a fazê-lo. 

O país registrou oficialmente mais de 1,4 milhão de casos de infecção por Covid-19 e 8.247 mortes.

Últimas