Saúde OMS manifesta preocupação com alta do número de casos graves de Covid na China

OMS manifesta preocupação com alta do número de casos graves de Covid na China

Pasta está observando crescimento das infecções, mas não tem informações suficientes para avaliar completamente a situação

Agência EFE

Resumindo a Notícia

  • China enfrenta um aumento de hospitalizações em decorrência da Covid-19
  • OMS (Organização Mundial da Saúde) demonstra preocupação com a situação do país
  • Pasta solicita mais detalhes sobre casos positivos, internações e entrada em UTIs
  • OMS também apoiou a China em seus esforços para vacinar a população de maior risco
OMS está preocupada com o aumento de casos de Covid-19 na China

OMS está preocupada com o aumento de casos de Covid-19 na China

ALEX PLAVEVSKI/EFE - 21.12.2022

O diretor-geral da OMS (Organização Mundial da Saúde), Tedros Adhanom Ghebreyesus, demonstrou preocupação, nesta quarta-feira (21), com o aumento dos casos de Covid-19 na China e pediu às autoridades do país que ofereçam informações detalhadas sobre a quantidade de pessoas hospitalizadas.

"A OMS está muito preocupada pela evolução na China, com cada vez mais informes sobre casos graves. Para fazer uma avaliação completa da situação, precisamos de mais informação sobre esses positivos, as internações e a entrada em UTIs", disse o etíope, em entrevista coletiva.

"Apoiamos a China em seus esforços para vacinar a população de maior risco em todo o país, e também oferecer cuidados clínicos e proteger seu sistema de saúde", completou Tedros.

Uma semana atrás, a OMS havia se manifestado, considerando que o aumento dos casos de infecção pelo novo coronavírus na China não tinha sido provocado pelo levantamento de medidas que faziam parte da chamada "tolerância zero" à Covid-19.

Conheça as 20 piores dores que o ser humano pode sentir

Últimas