China

Saúde "Operação de guerra" trará 960 toneladas de EPIs da China ao Brasil

"Operação de guerra" trará 960 toneladas de EPIs da China ao Brasil

Sequência de 40 voos realizados em período de seis a oito semanas deve começa nesta quarta-feira. Primeira leva deve chegar ao país até dia 21

  • Saúde | Do R7

Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas

Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas

Marcello Casal Jr/Agência Brasil - 30.03.2020

O ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas classificou como "operação de guerra" o esquema montado para trazer da China 960 toneladas de equipamentos nas próximas semanas. Freitas participou de entrevista coletiva do governo federal na tarde desta terça-feira (14). A operação envolve uma sequência de 40 voos que devem ocorrer ao longo das próximas "seis a oito semanas", conforme estimou o ministro. 

Saiba como se proteger e tire suas dúvidas sobre o novo coronavírus

A operação começa nesta quarta-feira com o voo de dois Boeing 777 da Força Aérea Brasileira que estão em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. A estimativa é que as aeronaves deixem a China no final de semana e cheguem ao Brasil no máximo no dia 21. Os aviões devem para em Doha, no Catar, para abastecer e seguem até o Aeroporto Internacional de Guarulhos. 

No Brasil, o ministério da Saúde receberá o equipamento e fará a distribuição usando o espaço de porão de aernaves comerciais que operam em malha mínima. Nos estados, serão usados os sistemas rodoviários. 

Gomes afirmou que foram testadas várias rotas seguras para o trajeto. O caminho pode ser realizado via Oriente Médio, parando em Dubai, Doha ou Tel Aviv, em Israel.  Há também opções pela áfrica, passando pelo Togo ou pela Etiópia.

Últimas