Saúde Saiba o que é o mal súbito como o que sofreu o jogador da Dinamarca

Saiba o que é o mal súbito como o que sofreu o jogador da Dinamarca

Médicos falam quais as principais causas de problemas cardíacos e falam dos exames que podem ser feitos preventivamente

  • Saúde | Márcia Rodrigues do R7 com Reuters

 Christian Eriksen é amparado por colegas de time durante mal súbito que sofreu no jogo

Christian Eriksen é amparado por colegas de time durante mal súbito que sofreu no jogo

Jonathan Nackstrand/Reuters

O meia da seleção dinamarquesa, Christian Eriksen, está consciente no hospital, segundo autoridades do futebol, após um mal súbito durante o jogo do seu time contra a Finlândia, pela Eurocopa de 2020, neste sábado (12), e de ter recebido massagens cardíacas dentro do gramado do Estádio Parken, em Copenhague.

O colapso que Eriksen provavelmente foi gerado por uma arritmia cardíaca, segundo médicos ouvidos pelo R7.

"O caso de Eriken possivelmente foi uma arritmia, problema estrutural no coração ou alguma doença cardíaca mais grave", diz Cesar Buchalla, médico especialista em clínica médica, plantonista de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e diretor técnico do Hospital Dom Alvarenga.

Demora no socorro pode levar à morte

Para o médico João Vicente, cardiologista do Hospital Sírio Libanês, a equipe médica demorou muito para atender o atleta e isso poderia gerar sérias consequências a ele.

"Quando ocorre uma queda súbita como foi o caso do atleta, a equipe deve agir rápido. Quem identificou que alguma coisa não ia bem com ele foi o público, depois os jogadores e por último os médicos ou paramédicos. Além disso, a equipe precisa correr já com o equipamento de ressuscitação em mãos", alerta o cardiologista.

Outro ponto que causou estranheza em Vicente foi o fato de os médicos demorarem para virar o atleta que estava de bruços. "Eles tinham de virá-lo para cima, checar os sinais vitais, ver se o Eriksen estava inconsciente e iniciar as manobras de ressuscitação e o desfibrilador", comenta Vicente.

Como evitar o mal súbito?

Os dois médicos afirmam que a melhor forma de evitar o mal súbito é fazer exames preventivos. Entre eles, estão: teste cardiopulmonar, ecocardiograma com doppler e holter, além de exames laboratoriais para descartas problemas como tireoide, por exemplo.

Tanto Buchalla quanto Vicente destacam que quem tem doenças cardiacas preexistente e é atleta de alta performance, como é o caso do jogador Christian Eriksen, devem fazer acompanhamento periódico com um cardiologista e realizar esses exames pelo menos uma vez por ano.

Doenças hereditárias podem influenciar no aparecimento de problemas cardíacos. Outros motivos que podem contribuir são: tabagismo, sedentarismo, sobrepeso e obesidade, apneia do sono, exageros na ingestão de bebidas alcoólicas, distúrbios de tireoide, hipertensão, diabetes estresse.

Últimas