Brasil tem pior índice de civilidade na web em 4 anos, aponta estudo 

Aparência física, política e orientação sexual são os principais impulsionadores de ataques e ofensas no ambiente digital

Jovens são principal alvo de ataques e ofensas na internet

Jovens são principal alvo de ataques e ofensas na internet

Arquivo/Pixabay

O índice de falta de civilidade online atingiu a pior taxa desde o início das pesquisas, em 2016, aponta estudo feito pela Microsoft e divulgado nesta terça-feira (11), Dia da Internet Segura.

O Brasil teve um aumento de dois pontos desde o ano passado e alcançou o índice de 72%, menor que Argentina (76%), Chile (75%) e México (75%). O número coloca o país em 15º entre as 25 nações avaliadas.

As redes sociais concentram dois terços (66%) dos relatos de falta de civilidade na web.

"As redes sociais refletem o que vivemos na sociedade e muitos usuários se sentem protegidos e até imunes para atacar alguém por estar atrás do computador e do teclado", diz Nycholas Szucko Antunes, diretor de cibersegurança da Microsoft Brasil.

Segundo 31% dos entrevistados, a aparência física e a política são os principais motivos para a falta de civilidade online. Na sequência aparecem orientação sexual (30%), religião (26%) e raça (25%).

Os jovens são os principais alvo desses ataques online e também os que menos sabem como agir nessas situações. Entre os adultos, os millennials compõem 82% do maior grupo de risco.

Segundo Nycholas, os mais jovens estão mais acostumados com o ambiente online e por isso são mais suscetíveis. Esses usuários buscariam o ambiente online para fazer parte de um grupo e não estariam esperando serem rejeitados ou atacados por alguém.

O estudo mostra que os principais riscos são contatos indesejáveis (42%). Esse índice é sustentando por ataque de hacker que enviam arquivos e links maliciosos para roubar dados até a conversa com outros jogadores de videogame em plataformas online.

O estudo, que entrevistou 502 brasileiros, com idades entre 13 e 74 anos, mostra que, além dos contatos indesejáveis, os principais riscos são: sexting indesejado (26%), farsas/fraudes/golpes (24%), assédio moral (24%) e assédio sexual (22%).

Princípios da Cidadania Digital

A Microsoft divulgou uma lista com quatro princípios para tornar a internet mais segura e respeitosa:

1. Viva a Regra de Ouro agindo com empatia, compaixão e bondade em todas as interações, e trate todos com quem você se conecta online com dignidade e respeito.

2. Respeite as diferenças, honre perspectivas diversas e quando as discordâncias surgirem, envolvam-se cuidadosamente e evite xingamentos e ataques pessoais.

3. Reflita antes de responder a coisas que você discorda, e não poste ou envie algo que possa machucar outra pessoa, danificar uma reputação ou ameaçar a segurança de alguém.

4. Defenda você mesmo e os outros apoiando aqueles que são alvos de abuso ou crueldade, relatando atividades agressivas e guardando evidências de comportamento inadequado ou inseguro.

Veja também: 

Influenciadores dão dicas para bombar suas fotos no Instagram