Cão robô Spot aprende truques novos

Boston Dynamics anuncia novo modelo do robô, com quatro patas e um braço para desempenhar funções motoras

Cão-robô Spot, da Boston Dynamics, custa cerca de R$ 400 mil

Cão-robô Spot, da Boston Dynamics, custa cerca de R$ 400 mil

Divulgação via Reuters

Um robô parecido com um cachorro chamado Spot, visto dançando em um vídeo que viralizou na internet, agora pode não só trazer seus chinelos, mas também pegar roupa suja, abrir portas e até mesmo plantar flores.

Veja também: Coreografia de robôs impressiona internautas e viraliza na internet

A empresa norte-americana de robótica Boston Dynamics revelou nesta terça-feira (2) uma nova versão do Spot — de quatro patas — com um braço e a capacidade de se recarregar, o que lhe permite funcionar 24 horas por dia.

O Spot foi posto à venda em junho passado, a partir de US$ 74,5 mil (cerca de R$ 400 mil). Agora, mais de 400 robôs estão trabalhando no mundo todo, incluindo em fábricas da Ford e ajudando na inspeção de plataformas de petróleo para a BP.

O novo braço com uma garra está no topo da lista de desejos de muitos clientes, disse Michael Perry, vice-presidente de desenvolvimento de negócios da Boston Dynamics.

"Quando ele pode sentir o mundo e interagir com base no que está sentindo, isso abre uma ampla variedade de novas aplicações para o Spot", disse Perry à Reuters, enquanto reconhece que a destreza da pinça de Spot está "a vários graus de distância de habilidades motoras finas que esperaríamos de uma mão humana".

O braço de Spot foi anunciado em um vídeo que mostra o robô dançando ao lado de outros robôs do Boston Dynamics na música "Do You Love Me?". O vídeo do YouTube tem quase 28 milhões de visualizações desde o lançamento em 29 de dezembro.

Perry acredita que o público em breve adotará os robôs como ferramentas para tornar a vida mais fácil.

Últimas