Carnaval: Google vai encontrar blocos e ajudar a denunciar assédio

Novos recursos funcionam no Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Recife Olinda, Belo Horizonte e Florianópolis

São mais de 3 mil blocos cadastrados na plataforma

São mais de 3 mil blocos cadastrados na plataforma

Marcelo Carnaval/Reuters

O Google lançou ferramentas específicas para ajudar os foliões a aproveitarem os dias de carnaval.

Agora o Google Maps e Google Assistente permitirão ao usuário ver em tempo real a localização de 3 mil blocos em Olinda, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Belo Horizonte e Florianópolis.

Será possível também receber alertas de ruas interditadas e, assim, encontrar a melhor rota para uma festa ou para casa. 

As ferramentas do buscador também vão ter um contato direto com a Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência ou assédio.

Em parceria com a ONG Think Olga, o aplicativo facilita denúncias para a Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (180) e da polícia militar (190) ao acionar o comando “OK Google, como reportar assédio sexual”. 

Digite a legenda da foto aqui

Digite a legenda da foto aqui

Divulgação/Google

Os comandos de voz também serão úteis para acionar GIFs temáticos ou receber dicas. Basta dizer "Ok, Google, me dá uma dica de fantasia para o carnaval", ou “quais seus planos para o carnaval”.

A empresa também preparou uma página com as principais buscas por fantasias, tendências e blocos mais procurados no ano passado, que pode ser conferido aqui.