Tecnologia e Ciência Cientistas desenvolvem macarrão que muda de forma quando cozido

Cientistas desenvolvem macarrão que muda de forma quando cozido

Ideia é utilizar o produto em viagens espaciais para que ele ocupe menos espaço e seja mais sustentável

Massas possuem ranhuras que permitem a transformação do macarrão

Massas possuem ranhuras que permitem a transformação do macarrão

Divulgação/Universidade Carnegie Mellon

Todos os dias ao redor do mundo, um dos alimentos mais consumidos é o macarrão, que vem nas mais diversas formas, como espaguete, linguine, fettuccine e ravioli. Mas cientistas foram um pouco além das diferentes massas e criaram produtos que podem mudar de forma quando são cozidos.

Esse macarrão foi desenvolvido por pesquisadores da Universidade Carnegie Mellon, localizada an Pensilvânia, nos EUA, e o estudo que comprova a eficácia da experiência foi publicado na última quarta-feira (5), na revista Science.

O produto, contudo, não é resultado apenas de um teste inusitado sobre a mudança de forma dos macarrões. O projeto foi desenvolvido primeiramente com o intuito de auxiliar pessoas que estiverem em viagens espaciais, uma vez que nas missões cada objeto deve ter o menor volume possível.

No caso das massas que têm a forma alterada quando começam a ser cozidas, elas inicialmente encontram-se na forma plana e, ao entrarem em contato com a água quente, passam a se transformar em espirais, tubos e ondas.

A mudança no formato acontece porque os pesquisadores inseriram ranhuras nas massas planas que fazem com que a água demore um pouco mais para cozinhar o alimento. Quando planejam detalhadamente onde colocar estas ranhuras, os cientistas conseguem controlar a forma que o macarão vai assumir a partir de então.

"Fomos inspirados por móveis planos e como eles economizavam espaço, tornavam o armazenamento mais fácil e reduziam a pegada de carbono associada ao transporte", destacou Lining Yao, um dos autores do estudo, em comunicado divulgado.

Os pesquisadores afirmam que o sabor e a textura da massa continuam idênticas à tradicional. 
As massas tradicionais de macarrão já se transformam quando começam a ser cozidas, logo, os cientistas aproveitaram essa propriedade para implantar as mudanças que planejavam.

E essa possibilidade de transformação também diz respeito a uma mudança sustentável. Isso porque, ao assumir uma forma que ocupa menos espaço, os alimentos consequentemente precisam de menos e menores embalagens de plástico para serem armazenados, o que diminui os problemas relacionados ao descarte deste tipo de material.

*Estagiário do R7 sob supervisão de Fábio Fleury

Últimas