Tecnologia e Ciência Dono da Virgin Galactic se antecipa e deve ir ao espaço antes de Bezos

Dono da Virgin Galactic se antecipa e deve ir ao espaço antes de Bezos

Se tudo der certo, empresário se tornará o 1º bilionário a fazer parte de uma missão tripulada ao espaço

Branson deve decolar nove dias antes de Jeff Bezos

Branson deve decolar nove dias antes de Jeff Bezos

Shannon Stapleton/Reuters - 14.2.2019

O empresário britânico Richard Branson anunciou sua intenção de ir ao espaço no próximo dia 11 a bordo de uma nave de sua empresa Virgin Galactic, nove dias antes da viagem similar que será feita pelo proprietário e fundador da Amazon, Jeff Bezos.

Se os planos se concretizarem, Branson se tornará o primeiro bilionário a fazer parte de uma missão espacial tripulada e autofinanciada parcialmente.

"Sempre fui um sonhador. Minha mãe me ensinou a nunca desistir e alcançar as estrelas. Em 11 de julho, é hora de transformar esse sonho em realidade a bordo do próximo voo espacial da Virgin Galactic", disse o empresário britânico no Twitter.

A missão é chamada "Unity 22" em referência ao 22º voo de teste da nave VSS Unity, e terá dois pilotos e quatro tripulantes, incluindo Branson.

Os três tripulantes que acompanharão Branson estão todos na folha de pagamento da Virgin Galactic e são a astronauta Beth Moses, o engenheiro Colin Bennett e uma vice-presidente da empresa, Sirisha Bandla.

Bezos anunciou no início de junho a intenção de viajar ao espaço a bordo da primeira missão espacial tripulada de sua empresa Blue Origin.

Além do fundador da Amazon, vão participar dessa missão seu irmão Mark Bezos, a piloto Wally Funk, de 82 anos, e um quarto passageiro que ganhou um leilão realizado pela Blue Origin pagando US$ 28 milhões e cujo nome ainda não foi revelado.

Funk foi a primeira instrutora de voo americana da história e tentou entrar no programa de astronautas da NASA nos anos 60, mas foi rejeitada por ser uma mulher.

Últimas