Facebook pode ser multado em US$ 35 bi por não respeitar privacidade

Rede social não pediu autorização de usuários para fazer uso de reconhecimento facial em fotos. Empresa está sendo processada nos EUA

Facebook pode pagar multa bilionária

Facebook pode pagar multa bilionária

Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O Facebook pode ser multado em US$ 35 bilhões por não respeitar a privacidade dos usuários. Uma ação movida no Estado americano de Illinois afirma que a empresa não pediu autorização dos usuários para fazer o reconhecimento facial em fotos.

Em Illinois não é permitido o uso de reconhecimento facial sem autorização prévia dos usuários. No ano passado, um juiz já havia alertado sobre isso. A prática teria começado em 2011 e pode render uma multa entre US$ 1 mil e US$ 5 mil por cidadão, o que resultaria em pena máxima de US$ 35 bilhões. Segundo o Estado americano, a empresa aplicou o reconhecimento facial em cerca de 7 milhões de pessoas que lá vivem.

O Facebook argumenta que os usuários não poderiam processar a empresa uma vez que o o mapeamento de seus dados faciais não os fez perder dinheiro ou sofrer qualquer dano econômico. Segundo a empresa, não há prejuízo envolvido. "O Facebook sempre avisou as pessoas sobre o uso de reconhecimento facial e deu a elas controle sobre o seu uso. Estamos estudando nossas opções e vamos continuar a nos defender vigorosamente", diz a mensagem.

Esta questão jurídica fez com que as ações do Facebook, nessa sexta, caírem 2,25%.